Quarta-feira, 15 de Abril de 2009
Frota de Paz nos Mares em Guerra.

«Imaginar uma exposição, construí-la e partilhá-la com o público significa sempre contar uma história. Quando esta aventura criativa decorre num Museu Marítimo, a história que se conta promete desvendar a vivência lendária dos homens do mar, umas vezes sob a forma de uma memória épica, outras através da evocação de tragédias que marcaram o imaginário colectivo.
Todos os homens que foram ao bacalhau, e todas as mulheres que lhes viveram as viagens, recordam o drama épico da navegação e da pesca em plena Segunda Guerra Mundial. A grande pesca no perigosíssimo Atlântico Noroeste, precisamente sobre a rota da guerra submarina e no mesmo mar por onde passavam os comboios de reabastecimento das forças Aliadas.
Por fortuna e engenho de quantos viveram a tormenta de pescar bacalhau nos mares em guerra, apenas dois navios bacalhoeiros portugueses foram torpedeados por submarinos – o Maria da Glória e o Delães. Se a “faina maior” comporta uma dimensão de história trágico-marítima, é nas peripécias do torpedeamento do lugre Maria da Glória, em 1942, que ela melhor se exprime. Trata-se de um acontecimento “total”, que tudo condensa e tudo questiona sobre esta infindável narrativa.
O ponto central da exposição do ano de 2009 no Museu Marítimo de Ílhavo reside, precisamente, na memória desse acontecimento maior e de outros que com ele se ligam: a ambígua neutralidade portuguesa imposta por Salazar; a insólita decisão política de manter a frota bacalhoeira em actividade, obrigando as tripulações a trabalhos e tormentas impensáveis; o quebra-cabeças da navegação em comboios; a celebração da frota branca como “frota de paz nos mares em guerra”.
Uma investigação inédita de documentos “confidenciais” e uma recolha de depoimentos vividos, permitirá ao Museu compor pequenos filmes de forte sentido didáctico e um programa de serviço educativo singular. Serão esses os principais elementos desta extraordinária história, nunca antes contada em qualquer museu.»


por Álvaro Garrido
Director do Museu Marítimo de Ílhavo
 
Em 18-09-2008 escrevi um artigo precisamente dedicado ao lugre-motor “Maria da Glória”, para o qual consegui recolher uma boa quantidade de material, nomeadamente do site do museu marítimo de Ílhavo. É com muito agrado que vejo agora esta iniciativa de preparar uma exposição sobre o tema da pesca do bacalhau em plena II Guerra Mundial, no extremamente perigoso Atlântico Norte. O teor e motivos desta exposição revelam uma vez mais o muito que se pode apresentar (e ensinar) ao público sobre a pesca do bacalhau. São por demais evidentes e vastas as possibilidades em torno deste grande pedaço da História portuguesa e como Ílhavo o tem provado, quem lá vive sabe disso.
A exposição estará pois patente entre 19 de Maio-15 de Outubro de 2009.
 

imagem – site oficial Museu Marítimo de Ílhavo.



publicado por cachinare às 08:18
link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De Anónimo a 7 de Maio de 2009 às 22:05
a exposição será inaugurada no dia 18 de maio dia internacional dos museus


De paulo agra a 7 de Maio de 2009 às 22:05
a exposição será inaugurada no dia 18 de maio dia internacional dos museus


Comentar post

mais sobre mim
subscrever feeds
últ. comentários
Esta bela foto retrata bem o que eram os tempos an...
Mais de um ano depois, volto aqui (ao blog), e li ...
é de facto interessante, mas .... o que caracteriz...
Conforme já referi algures, no próximo Sábado, 23 ...
Na verdade, típico é os nossos vizinhos da Póvoa ...
Belo quadro pintado ,dois botes um a vela e outro ...
Outros tempos ,diria mesmo meus tempos de rapaz ,o...
Pois ,nesse estado bem bebido até a sua sombra ele...
Ver está foto, salta-me muitas saudades de ouvir m...
Pescador da Nazaré ,homem do antigamente ,com traj...

culturmar

tags

a nova fanequeira de vila chã

ala-arriba

alan villiers

apresentação

aquele portugal

argus

arte marítima

bacalhoeiros canadianos-americanos

bacalhoeiros estrangeiros

bacalhoeiros portugueses

barcos tradicionais

caxinas

cultura costeira

diversos

fotos soltas

galiza

jornal mare - matosinhos

memórias

modelismo naval

multimédia

museus do mar

pesca portuguesa

póvoa de varzim

relatos da lancha poveira "fé em deus"

santa maria manuela

veleiros

vila do conde

todas as tags

Vídeos
links
arquivos