Sexta-feira, 12 de Junho de 2009
A preto e branco.

Sugestivo desenho sobre a pesca ao bacalhau nos Bancos, onde o tráfego não só de barcos de pesca mas também de cabotagem e passageiros era constante. Tal permitiu que em muitos dos naufrágios, homens fossem salvos por navios em passagem, mas também implicava o oposto em dias de mau tempo e fraca visibilidade... o abalroamento. Por vezes, o pescador-de-dóri sózinho na névoa, só via a “parede” de 20 metros em movimento de um grande navio, quando já estava a 4 metros dele.


tags:

publicado por cachinare às 08:15
link do post | comentar | favorito

1 comentário:
De jaime pontes a 13 de Junho de 2009 às 00:56
A pésca nos léjos ,nomes assim designados pelos pescadores portugueses ,e os canadianos designavam de rokes , os lugres a passar por sima ,com o lejo mais baixo sendo de 4 metros de profundidade conforme a maré ? ,isto a parte mais baixa ,onde eu vi ,o Lugre Motor Luisa Ribau encalhar ém sima do Mano Léjo, deu umas batidas grandes e lá escapou ! estáva-mos alguns 200 ou mais botes a pescar nesse lejo ,isto já no fim da safra ,altura ém que os navios já estavam todos nos lejos para pescar mais uns bacalhaus , compor a carga .
Estáva uma nevoa solta dava bém para ver mais de 100 metros portanto não havia razão para acontecer o que aconteceu e como digo da maneira que o navio apareceu por sima dos botes ainda foi mesmo muita sorte não por nenhum no fundo ,até porque éra precisamente onde estavam a maioria dos botes ,más felismente não aconteceu nada cóm ninguém ! Por isso o quadro dis muito aos pescadores bacalhoeiros e quer-me parecer que estes navios a volta dos botes são lugres ,portanto já de antigamente talvês dos anos 20 ou 30 e 40 e então os pescadores pescavam a linha de mão com dois anzois ém cada linha e chumbada ,tempos que ainda passei , com as névoas e as baleias ém sima dos botes e as veses com os ventos frescos de arrepiar tudo isso se passou por quém lá andou !!! comprimentos Jaime Pião ...


Comentar post

mais sobre mim
subscrever feeds
últ. comentários
Na verdade, tão belo quanto elucidativo este quadr...
Mas que beleza de foto ou pintura que retrata bem ...
Aproveitando a ocasião, sugiro a todos, pescadores...
Na verdade, tal como diz o Jaime Pontes, esta pose...
Claro que como demonstração tá tal e qual mas ,não...
Tal como se fosse um «filho pródigo», 7 meses depo...
é com orgulho e admiração que leio e recordo este ...
Esta bela foto retrata bem o que eram os tempos an...
Mais de um ano depois, volto aqui (ao blog), e li ...
é de facto interessante, mas .... o que caracteriz...

culturmar

tags

a nova fanequeira de vila chã

ala-arriba

alan villiers

apresentação

aquele portugal

argus

arte marítima

bacalhoeiros canadianos-americanos

bacalhoeiros estrangeiros

bacalhoeiros portugueses

barcos tradicionais

caxinas

cultura costeira

diversos

fotos soltas

galiza

jornal mare - matosinhos

memórias

modelismo naval

multimédia

museus do mar

pesca portuguesa

póvoa de varzim

relatos da lancha poveira "fé em deus"

santa maria manuela

veleiros

vila do conde

todas as tags

Vídeos
links
arquivos