Sábado, 18 de Julho de 2009
“Glossário Ilustrado de Pesca”.

«Quando das minhas leituras, chamou-me a atenção a existência de termos usados pelos pescadores que tinham significados diferentes conforme a região em que eram usados, por vezes, localidades vizinhas. Achei um aspecto interessante e comecei a coleccioná-los e, por outro lado, pensei que seria interessante fazer pesquisa por todo o País. A partir daí foi uma procura de livros, documentos e teses que tratassem sobre a fala e os termos usados pelos pescadores, todos de âmbito local ou regional. Nem sempre os meus pedidos foram atendidos no aspecto das teses que, por vezes, solicitava mas de qualquer modo o material foi-se acumulando e pensei fazer um livro para que esses termos não fossem esquecidos, mais ainda porque a pesca está em declínio.

Não pretendo que seja perfeito e completo, mas penso que é um conjunto de termos que tem o seu valor até por fazer lembra esses trabalhadores despercebidos para a maioria das pessoas que nem se lembram nem fazem ideia dos sacrifícios que implicou a captura do peixe que eventualmente estejam a comer, por isso, também me revejo em todos que andam na faina da pesca e muitos sacrifícios passaram.
Para mim é um preceito de homenagem a todos os pescadores que no dia a dia enfrentam perigos e sacrifícios que ninguém imagina.»
 
Bento d´Assunção Leite – autor.
 
«Bento d´Assunção Leite, nascido em Braga em 1929 muito novo foi para os Açores, mais precisamente Angra do Heroísmo, onde fez os estudos primários e o 1.º ano do liceu. Em 1940, já em Faro, prosseguiu os estudos fazendo no liceu o 5.º ano e completou-os em Braga com o 6.º ano. Já em Setúbal pretendeu inscrever-se na Escola Náutica mas como tinha passado o prazo aguardou um ano e em 1948 fez o exame e o Curso Elementar de Pilotagem que acabou em 1950. No ano seguinte embarcou, pela primeira vez, num arrastão de pesca do bacalhau onde se manteve sete anos. Em 1958, embarcou como imediato, provisório, no navio “Cedros” da carreira inter-ilhas açorianas e onde esteve sete meses depois do que entrou para a companhia Sociedade dos Armadores da Pesca de Arrasto, para a pesca nas costas da Mauritânia e onde se manteve durante vários anos, pescando na Mauritânia, África do Sul, Angola e Guiné. Neste intervalo de tempo a companhia tinha-se fundido com outra e passou a ser Sociedade Nacional dos Armadores da Pesca de Arrasto. Em 1981, foi nomeado Director Comercial e da Frota constituída por 24 navios, e em Janeiro de 1982 foi nomeado pelo Governo membro da Administração da Companhia. Passados meses, foi decretada a sua extinção e foi nomeado membro da Comissão Liquidatária até pedir a demissão em 1988, quando se reformou.
Em 1966, tirou o Curso Complementar da Escola Náutica que lhe conferiu a categoria de Capitão da Marinha Mercante. Em 1977, tirou o curso de Observador de de simulador de radar.
Membro da secção de Transportes da Sociedade de Geografia, foi mais tarde assessor do Tribunal Marítimo de Lisboa até 1980, altura em que pediu a demissão por mudança de residência para Famalicão.»
 
da sinopse.
 
Mais uma obra ligada às raízes piscatórias da Póvoa, de grande valor, tal como já nos vem habituando o Pelouro da Cultura da cidade nas suas publicações. O desenho da capa é de Deolinda Carneiro sobre fotografia de Manuel Lopes e a coordenação editorial esteve a cargo de Manuel Costa, director da Biblioteca Minicipal. É uma edição de autor patrocinada pelo Município da Póvoa de Varzim.


publicado por cachinare às 11:09
link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De JAIME PIÃO a 18 de Julho de 2009 às 16:25
Mas porque eu não quis estudar ,na altura fiz o exame de quarta classe era professora a Senhora «ZULMIRA de POVOA de Varzim » veio a minha casa falar com meus pais e para me convidar seguir os estudos já que não era obrigatório mais do que o segundo grau na altura , eu era muito vergonhoso e quando vi a Professora fugi para o fundo do meu quintal ,então o meu Pai me chamou e fez-me ver junto da Professora o convite ,que diga-se de passagem eu rejeitei dizendo que queria ir para o mar , lá andei na pesca a partir dos meus 10 anos até os 57 e hoje dou com migo ao ler este exemplo de vida do Sre Bento dAssunção Leite que também poderia ser alguém já que gostava tanto de mar ,e como dos fracos não reza a história fui mesmo somente um pescador entre tantos que nem se notou .
Por tudo isso a minha homenagem a este Sre que conseguiu ser alguém estudando ! ...Jaime Pião


De Anónimo a 18 de Julho de 2009 às 16:44
Tal como ainda hoje me aconteceu, donde acabo de chegar da Junta de fréguesia de Vila do Conde, onde acaba de ser lançado o importante livro denominado
OS SANTOS DOS ALTARES DE VILA DO CONDE, da
autoria do consagrado historiador vilacondense Dr. A. Carmo Reis, também tive o ensejo de assistir no Diana Bar, ao lançamento do GLOSSARIO ILUSTRADO DE PESCA, "mais uma obra ligada às raízes piscatórias", de todo o país,
e não da Póvoa, como por lapso diz...
De parabéns, está de facto o Pelouro da Cultura da Póvoa de Varzim, o qual, de há vários anos a esta parte, vem patrocinando obras de inegavel valor, em prol da cultura das gentes da Póvoa, e não só, como
bem ilustra este Glossário Ilustrado de Pesca, sobre temas, usos e costumes de toda a nossa classe piscatória, que se estende desde o Alto Minho aos Algarves.
Cumprimentos,
Al bino Gomes



Comentar post

mais sobre mim
subscrever feeds
últ. comentários
Esta bela foto retrata bem o que eram os tempos an...
Mais de um ano depois, volto aqui (ao blog), e li ...
é de facto interessante, mas .... o que caracteriz...
Conforme já referi algures, no próximo Sábado, 23 ...
Na verdade, típico é os nossos vizinhos da Póvoa ...
Belo quadro pintado ,dois botes um a vela e outro ...
Outros tempos ,diria mesmo meus tempos de rapaz ,o...
Pois ,nesse estado bem bebido até a sua sombra ele...
Ver está foto, salta-me muitas saudades de ouvir m...
Pescador da Nazaré ,homem do antigamente ,com traj...

culturmar

tags

a nova fanequeira de vila chã

ala-arriba

alan villiers

apresentação

aquele portugal

argus

arte marítima

bacalhoeiros canadianos-americanos

bacalhoeiros estrangeiros

bacalhoeiros portugueses

barcos tradicionais

caxinas

cultura costeira

diversos

fotos soltas

galiza

jornal mare - matosinhos

memórias

modelismo naval

multimédia

museus do mar

pesca portuguesa

póvoa de varzim

relatos da lancha poveira "fé em deus"

santa maria manuela

veleiros

vila do conde

todas as tags

Vídeos
links
arquivos