Quarta-feira, 23 de Setembro de 2009
O Lugre – Nos Mares do Fim do Mundo.

«Mostra evocativa dos 50 anos da publicação de “O lugre” e “Nos Mares do Fim do Mundo”, de Bernardo Santareno, obras que retratam o universo da pesca ao bacalhau que o autor acompanhou na condição de médico.

Em “O Lugre”, Santareno dá um retrato da “vertente existencial das personagens, o primitivismo, a irracionalidade e o conflito permanente com que se debatem. Numa escrita impetuosa, que quase exacerba os episódios de violência, a ânsia, a dureza e os constrangimentos da vida a bordo, o autor traça um quadro lúgubre da «faina maior» que chega a incluir alguma crítica de sentido político”.
Na obra “Nos Mares do Fim do Mundo”, Bernardo Santareno narra, com apurada sensibilidade, inúmeros episódios observados e recriados em doze meses de convívio com pescadores portugueses nos «bancos» da Terra Nova e da Gronelândia.»
 
in divulgação cultural – Câmara Municipal de Coimbra
 
A imagem que compõe o cartaz desta mostra é a de um dos mais conhecidos lugres bacalhoeiros, o “Aviz”, de 1939, o primeiro lugre-motor de 4 mastros (mastros mochos, sem mastaréus e sem pau da bujarrona) a ser construido nos estaleiros do Mestre Mónica, na Gafanha da Nazaré sob a vigilância do Lloyd's Register of Shipping. (informação in Clube de Oficiais da Marinha Mercante).
Foram tempos em que nos muitos estaleiros navais por Portugal fora, ainda se produzia muita Arte Naval, na forma de barcos e navios, em grande parte para a pesca costeira e longínqua.
É uma das fotos da Faina Maior mais conhecidas, por transmitir visualmente muito bem o que significava ser pescador no Atlântico Norte durante 6 meses, em grandes navios à vela / motor: vida e trabalho duro, mas com qualidades e ensinamentos mais que muitos, para que hoje em dia estejamos cada vez mais a estudá-la e a divulgá-la
É nas dificuldades que o homem melhor se encontra a si próprio, descobre e aprende.
MOSTRA EVOCATIVA
O Lugre
Nos Mares do Fim do Mundo
Bernardo Santareno na epopeia portuguesa da pesca ao bacalhau
Casa Municipal da Cultura - Biblioteca Municipal
Setembro/Outubro de 2009
HORÁRIO da exposição:
Segunda a Sexta | 10h00-19h30; Sábado | 13h30-19h00
Casa Municipal da Cultura
Rua Pedro Monteiro
3000-329 Coimbra
Telef. 239 702 630
Fax 239 702 496


publicado por cachinare às 09:33
link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De jaime pião a 23 de Setembro de 2009 às 15:02
Obrigado ao amigo Fangueiro pelo belo retrato deste belo Lugre Motor bacalhoeiro ,de entre muitos o Avis que sobressaia pela sua forma de proa de colher e popa que muito me dizia ,que quando fazia capa aos temporais e ciclones era duma segurança abismal ,esse lugre que o meu Pai deu 13 viagens e eu 3 ,mas que naufraguei nele por incêndio e me ensinou muito na vida ,devo dizer que entre o Navio e o bote ,foram dois companheiros de luta que ainda hoje muitas vezes acordo a sonhar com essa sensação e por incrível que pareça ,andei em mais dois Navios e quase não me lembro nada ,mas este Avis marcou-me muito a minha mocidade dos 20 aos 23 anos !
Bem-Haja ao Fangueiro por ser tão sensível aos tempos passados dos nossos Pais e Avôs e Bisavós ,precisamos de ter alguém que nos faça lembrar e não deixe morrer essas maravilhas que os nossos homens doutros tempos também deram conta do recado ,só que agora muita da nossa boa gente quer fazer esquecer ,mas enquanto houver Fangueiros e outros que tais esses alguns vão engolindo sapos !!!
cumprimentos do amigo Jaime Pião


De Anónimo a 19 de Fevereiro de 2013 às 15:41
Sou a filha do 3º. motorista. O Vilarinho que naufragou consigo na Terra Nova. Brinquei muito dentro dese grande navio. Tenho gravado na memória as cheias de 1962. Estava o meu pai de serviço, estava eu, minha ma~e e uma prima a pernoiter com ele, era mais o vigia e o cão, salvo erro pastor alemão.

.


Comentar post

mais sobre mim
subscrever feeds
últ. comentários
Mas que beleza de foto ou pintura que retrata bem ...
Aproveitando a ocasião, sugiro a todos, pescadores...
Na verdade, tal como diz o Jaime Pontes, esta pose...
Claro que como demonstração tá tal e qual mas ,não...
Tal como se fosse um «filho pródigo», 7 meses depo...
é com orgulho e admiração que leio e recordo este ...
Esta bela foto retrata bem o que eram os tempos an...
Mais de um ano depois, volto aqui (ao blog), e li ...
é de facto interessante, mas .... o que caracteriz...
Conforme já referi algures, no próximo Sábado, 23 ...

culturmar

tags

a nova fanequeira de vila chã

ala-arriba

alan villiers

apresentação

aquele portugal

argus

arte marítima

bacalhoeiros canadianos-americanos

bacalhoeiros estrangeiros

bacalhoeiros portugueses

barcos tradicionais

caxinas

cultura costeira

diversos

fotos soltas

galiza

jornal mare - matosinhos

memórias

modelismo naval

multimédia

museus do mar

pesca portuguesa

póvoa de varzim

relatos da lancha poveira "fé em deus"

santa maria manuela

veleiros

vila do conde

todas as tags

Vídeos
links
arquivos