Sexta-feira, 14 de Maio de 2010
“Quantum Mar” – Póvoa de Varzim.

 

Os barcos poveiros, mais a sua específica comunidade, são e foram mote de muitas obras, escritas, pintadas, narradas... e agora mais uma vez, filmada.

Por iniciativa do Dr. Aurelino Costa, caro poveiro “cantador” do poeta António Nobre, uma curta-metragem intitulada “Quantum Mar” iniciou as suas filmagens no princípio de Maio corrente, pela objectiva do realizador Pedro Cunha, na terra e mar da Póvoa de Varzim. Estando a fase de pós-produção para breve, já é possível conhecer na apresentação (acima) os intervenientes, inspirações e estrutura da obra final.

A base do guião desta curta-metragem é a “Lusitânia no Bairro-Latino” (parte 2 das 3), de António Nobre, dedicada aos pescadores, em especial aos da Póvoa. Tal como afirma Manuel Costa, responsável pela lancha poveira “Fé em Deus”, “(...) enquanto responsável pela dinamização da lancha poveira, é motivo do orgulho podermos mostrar a nossa actividade.”

Os barcos são fulcrais na manutenção da identidade de um pescador / comunidade. António Nobre e outros, cantaram-nos sempre em parelha, pois um não podia existir sem o outro.

Que este filme seja mais um pequenino passo para motivar e criar novas parelhas, de homens e seus barcos. Que os homens voltem a fazer barcos, e os barcos fá-los-ão a eles.

 

Lusitânia no Bairro-Latino - 2

 

Georges! anda ver meu país de Marinheiros,

O meu país das naus, de esquadras e de frotas!

 

Oh as lanchas dos poveiros

A saírem a barra, entre ondas de gaivotas!

Que estranho é!

Fincam o remo na água, até que o remo torça,

À espera de maré,

Que não tarda aí, avista-se lá fora!

E quando a onda vem, fincando-a com toda a força,

Clamam todas à uma: "Agôra! agôra! agôra!"

E, a pouco e pouco, as lanchas vão saindo

(Às vezes, sabe Deus, para não mais entrar...)

Que vista admirável! Que lindo! que lindo!

Içam a vela, quando já têm mar:

Dá-lhes o Vento e todas, à porfia,

Lá vão soberbas, sob um céu sem manchas,

Rosário de velas, que o vento desfia,

A rezar, a rezar a Ladaínha das Lanchas:

 

Senhora Nagonia!

 

Olha acolá!

Que linda vai com seu erro de ortografia...

Quem me dera ir lá!

 

Senhora Da guarda!

 

(Ao leme vai o Mestre Zé da Leonor)

Parece uma gaivota: aponta-lhe a espingarda

O caçador!

 

Senhora d'ajuda!

Ora pro nobis!

Caluda!

Sêmos probes!

 

Senhor dos ramos

Istrela do mar!

Cá bamos!

 

Parecem Nossa Senhora, a andar.

 

Senhora da Luz!

 

Parece o Farol...

 

Maim de Jesus!

 

É tal e qual ela, se lhe dá o Sol!

 

Senhor dos Passos!

Sinhora da Ora!

 

Águias a voar, pelo mar dentro dos espaços

Parecem ermidas caiadas por fora...

 

Senhor dos Navegantes!

Senhor de Matuzinhos!

 

Os mestres ainda são os mesmos dantes:

Lá vai o Bernardo da Silva do Mar,

A mai-los quatro filhinhos,

Vascos da Gama, que andam a ensaiar...

 

Senhora dos aflitos!

Martyr São Sebastião!

Ouvi os nossos gritos!

Deus nos leve pela mão!

Bamos em paz!

 

Ó lanchas, Deus vos leve pela mão!

Ide em paz!

 

Ainda lá vejo o Zé da Clara, os Remelgados,

O Jéques, o Pardal, na Nam te perdes,

E das vagas, aos ritmos cadenciados,

As lanchas vão traçando, à flor das águas verdes,

"As armas e os varões assinalados..."

 

Lá sai a derradeira!

Ainda agarra as que vão na dianteira,..

Como ela corre! com que força o Vento a impele:

 

Bamos com Deus!

 

Lanchas, ide com Deus! ide e voltai com ele

Por esse mar de Cristo...

 

                         Adeus! adeus! adeus!

 

António Nobre - Paris, 1891-1892.



publicado por cachinare às 08:12
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
subscrever feeds
últ. comentários
Outros tempos ,diria mesmo meus tempos de rapaz ,o...
Pois ,nesse estado bem bebido até a sua sombra ele...
Ver está foto, salta-me muitas saudades de ouvir m...
Pescador da Nazaré ,homem do antigamente ,com traj...
Uma das formidáveis pinturas de Almada Negreiros, ...
sou de Nazare gostava de saber o meu estorial de 1...
....................COMEMORAÇÕES DO DIA DA MARINHA...
Esta réplica do Vila do Conde, participou em vário...
Pois é exactamente tal como acima se diz.Depois de...
Boa tarde , com respeito a foto aqui presente eu j...

culturmar

tags

a nova fanequeira de vila chã

ala-arriba

alan villiers

apresentação

aquele portugal

argus

arte marítima

bacalhoeiros canadianos-americanos

bacalhoeiros estrangeiros

bacalhoeiros portugueses

barcos tradicionais

caxinas

cultura costeira

diversos

fotos soltas

galiza

jornal mare - matosinhos

memórias

modelismo naval

multimédia

museus do mar

pesca portuguesa

póvoa de varzim

relatos da lancha poveira "fé em deus"

santa maria manuela

veleiros

vila do conde

todas as tags

Vídeos
links
arquivos