Sábado, 15 de Outubro de 2011
“Patrão Lagoa – O sonho de ser Cabo-de-Mar”.

 

«Na biografia das personalidades, ou até na história dos povos, há sempre uma pequena nuvem que esconde um pormenor e que, mais cedo ou mais tarde, por investigação mais cuidada ou testemunho oral, acaba por se revelar. Enquadra-se neste pensamento Manuel António Ferreira, o conhecido “Patrão Lagoa”, patrão do salva-vidas da Póvoa, um herói lendário, poveiro de rija têmpera que, escondido dos olhares do mundo, lutou com todas as suas forças para que as entidades que o endeusaram lhes indicassem um caminho seguro e oficial, capaz de lhe proporcionar uma pensão decente. Um homem coberto de honrarias mas que as dificuldades materiais o obrigavam a uma ginástica orçamental rigorosa. Um pescador benemérito da humanidade cujo sonho era entrar nos quadros do pessoal da Marinha como cabo-de-mar e que, mercê duma cega teia burocrática, nunca chegou a concretizar, mesmo que pesasse a seu favor feitos de abnegação e coragem e estivessem do seu lado, como protectores e grandes amigos, o seu compadre Dr. David Alves, uma grande figura de homem público, António dos Santos Graça, ao tempo Administrador do Concelho e deputado no Parlamento, o Guarda-Marinha António Augusto Costa, Delegado Marítimo do porto da Póvoa.

Neste trabalho, procura-se descobrir o sonho encoberto de um homem do mar que tinha na Marinha de Guerra a sua meta de vida, a fada-madrinha da sua realização pessoal. A farda azul de cabo-de-mar era uma obsessão; ingressar no Quadros da Marinha o seu maior objectivo. Embora os seus feitos heróicos como patrão do salva-vidas “Cego do Maio” tivessem repercussão nacional - com destaque para os salvamentos do cruzador “São Rafael” e do vapor inglês  “Veronese” – o facto é que essas arrojadas façanhas de nada valeram. Disposições legais travaram o acesso à categoria que almejava. É essa nuvem na vida do herói que se procura destapar neste trabalho. Uma pequena achega para uma desejada biografia dum grande herói poveiro nascido a 14 de Junho de 1866 na Rua do Carvalhido (hoje Rua Serpa Pinto) e falecido a 7 de Julho de 1919 na Rua Paulet, nº 13 (hoje Rua Patrão Lagoa). Manuel António Ferreira era casado com Felisbina da Conceição Ferreira, que lhe deu 22 filhos, considerada a maior prole poveira.»

 

José de Azevedo, jornalista e escritor poveiro, lança a sua mais recente obra, “Patrão Lagoa – O sonho de ser Cabo-de-Mar” na sede do Clube Naval Povoense, na próxima sexta-feira, dia 21 de Outubro, às 21h30.

 

via Câmara Municipal da Póvoa de Varzim online



publicado por cachinare às 19:55
link do post | comentar | favorito

1 comentário:
De Anónimo a 19 de Outubro de 2011 às 18:52
Lá estaremos na sede do Naval Povoense, para assistir ao lançamento de mais esta obra do nosso conterrâneo
e amigo vilacondense, José Azevedo, incansável lutador que em prol da divulgação da cultura das nossas gentes do mar muito tem dado.

Pelas 10 horas da manhã deste dia 21 de Outubro e seguinte, numa louvável iniciativa do Rancho das Rendilheiras do Monte - Vila do Conde, terá lugar a
EVOCAÇÃO DO CENTENÁRIO DO NAUFRÁGIO DO
CRUZADOR S. RAFAEL, ocorrido em 21 de Outubro de 1911, junto à capelinha de Nossa Sra. da Guia, desta Vila do Conde espraiada.
Do programa alusivo ao acto, consta um Colóquio,
Teatro, Exposição, Missa, Romagem, Descerramento de uma lápide, lançamento de um Livro, etc., etc.

Albino Gomes


Comentar post

mais sobre mim
subscrever feeds
últ. comentários
Tal como se fosse um «filho pródigo», 7 meses depo...
é com orgulho e admiração que leio e recordo este ...
Esta bela foto retrata bem o que eram os tempos an...
Mais de um ano depois, volto aqui (ao blog), e li ...
é de facto interessante, mas .... o que caracteriz...
Conforme já referi algures, no próximo Sábado, 23 ...
Na verdade, típico é os nossos vizinhos da Póvoa ...
Belo quadro pintado ,dois botes um a vela e outro ...
Outros tempos ,diria mesmo meus tempos de rapaz ,o...
Pois ,nesse estado bem bebido até a sua sombra ele...

culturmar

tags

a nova fanequeira de vila chã

ala-arriba

alan villiers

apresentação

aquele portugal

argus

arte marítima

bacalhoeiros canadianos-americanos

bacalhoeiros estrangeiros

bacalhoeiros portugueses

barcos tradicionais

caxinas

cultura costeira

diversos

fotos soltas

galiza

jornal mare - matosinhos

memórias

modelismo naval

multimédia

museus do mar

pesca portuguesa

póvoa de varzim

relatos da lancha poveira "fé em deus"

santa maria manuela

veleiros

vila do conde

todas as tags

Vídeos
links
arquivos