Terça-feira, 8 de Novembro de 2011
Exposição sobre Embarcações Tradicionais do Estuário do Tejo.

 

«A história, as memórias e as vivências das embarcações tradicionais do Estuário do Tejo são o tema de uma Exposição organizada pela Associação Naval Sarilhense, com o apoio da Administração do Porto de Lisboa, no emblemático Salão Almada Negreiros – Gare Marítima de Alcântara.
Com esta exposição de embarcações, fotografias e artefactos náuticos pretende-se divulgar ao público o património marítimo-fluvial do Estuário do Tejo, na sua dupla vertente material e imaterial. Um património que constitui a marca indelével de uma relação histórica das povoações ribeirinhas com o Tejo. Gentes que fizeram deste estuário o seu modo de vida, gentes cujas vidas se confundem e são marcadas pelas cadências do Tejo e pelas vivências por este propiciadas.
Na vertente material, as embarcações tradicionais do Estuário do Tejo (Fragatas, Varinos, Botes, Faluas, Canoas e Catraios) apresentam-se como os principais elementos patrimoniais simbolicamente representativos de uma cultura ribeirinha e da identidade local dos territórios ribeirinhos. A beleza dos seus traços, a imponência do seu velame, a leveza das suas formas, o contraste das cores garridas, a delicadeza e minúcia dos motivos florais, a vivência a bordo, são elementos distintivos destas embarcações que constituem o tema central da exposição.


A Exposição “Embarcações Tradicionais do Estuário do Tejo: história, memórias, vivências” está patente ao público entre os dias 3 e 13 de Novembro (14h00-18h00), com entrada livre. As visitas são acompanhadas em permanência por representantes da Associação Naval Sarilhense e por antigos Arrais Fragateiros, profundos conhecedores destas embarcações tradicionais e testemunhos vivos da cultura ribeirinha que lhes está intrínseca.»

 

via Portos de Portugal



publicado por cachinare às 17:32
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
subscrever feeds
últ. comentários
Tal como se fosse um «filho pródigo», 7 meses depo...
é com orgulho e admiração que leio e recordo este ...
Esta bela foto retrata bem o que eram os tempos an...
Mais de um ano depois, volto aqui (ao blog), e li ...
é de facto interessante, mas .... o que caracteriz...
Conforme já referi algures, no próximo Sábado, 23 ...
Na verdade, típico é os nossos vizinhos da Póvoa ...
Belo quadro pintado ,dois botes um a vela e outro ...
Outros tempos ,diria mesmo meus tempos de rapaz ,o...
Pois ,nesse estado bem bebido até a sua sombra ele...

culturmar

tags

a nova fanequeira de vila chã

ala-arriba

alan villiers

apresentação

aquele portugal

argus

arte marítima

bacalhoeiros canadianos-americanos

bacalhoeiros estrangeiros

bacalhoeiros portugueses

barcos tradicionais

caxinas

cultura costeira

diversos

fotos soltas

galiza

jornal mare - matosinhos

memórias

modelismo naval

multimédia

museus do mar

pesca portuguesa

póvoa de varzim

relatos da lancha poveira "fé em deus"

santa maria manuela

veleiros

vila do conde

todas as tags

Vídeos
links
arquivos