Quarta-feira, 5 de Março de 2008
Cabo Verde pretende comprar o “Ernestina”.
«Cidade da Praia, 04 Mar (Lusa) - O Governo de Cabo Verde vai lançar brevemente uma campanha nacional na diáspora para a recuperação do navio “Ernestina” (foto 1), o barco que transportou os últimos emigrantes entre Cabo Verde e os Estados Unidos da América.
A recuperação do navio deverá custar cerca de 2,5 milhões de dólares (1,6 milhões de euros), montante que, de acordo com o Ministro da Cultura, está neste momento em fase de mobilização.
O governo pretende arrecadar o dinheiro para que o navio faça, juntamente com o “Amistad”, uma viagem histórica a Cabo Verde em 2010, por ocasião das comemorações do 35º Aniversário da Independência Nacional e dos 550 anos do nascimento da Nação.
"Trazer “Ernestina” para Cabo Verde deve ser uma espécie de desígnio nacional, porque foi um dos últimos barcos a levar Cabo-Verdianos para os Estados Unidos, no meio de muitas dificuldades e é um símbolo da nação. Portanto trazer Ernestina para Cabo Verde será uma espécie de viagem de saudade entre os dois países", explicou o ministro.
Por isso, o governo quer a colaboração de todos os Cabo-Verdianos no país e na diáspora mas também de todos os amigos de Cabo Verde.
Manuel Veiga disse que na Comissão para as comemorações dos 550 anos do nascimento de Cabo Verde haverá um grupo que fará essa campanha de recolha de fundos, em Cabo Verde e na diáspora.
O navio “Amistad” (foto 2), réplica de um navio Espanhol do tempo da escravatura, também irá apoiar Cabo Verde na iniciativa, já que hoje, durante o encontro da tripulação do navio (ancorado na Praia desde o fim-de-semana) com o primeiro-ministro, ficou estabelecido que o “Amistad” irá apoiar a divulgação do país para conseguir que a Cidade Velha de Santiago seja aceite pela UNESCO como património mundial e também na angariação de fundos para a recuperação do “Ernestina”.
Manuel Veiga adiantou ainda que o primeiro-ministro José Maria Neves aproveitou a recente visita ao país do senador norte-americano Patrick Kennedy para pedir apoio visando cumprir essa missão.
"É uma missão que nos interessa a todos, é um sonho que pretendemos realizar em 2010", disse Manuel Veiga.
O navio “Ernestina” foi construído em 1894 e simboliza a ligação entre os Estados Unidos e Cabo Verde, estando agora a apodrecer em New Bedford, Estados Unidos, por falta dinheiro para reparações.
Chamado “Effie M. Morrissey” (o nome da filha do capitão), o barco foi lançado à água a 01 de Fevereiro de 1894, tendo sido durante anos barco de pesca. Em 1914 foi vendido a um armador do Canadá e ficou inactivo até 1924, quando foi preparado para barco de investigações no Ártico.
Palco de incêndio em 1947, em Nova Iorque, foi levado para o estado de Connecticut e vendido a Louisa Mendes, cujo padrasto, Henrique Mendes, o reparou para o usar no comércio com Cabo Verde, então colónia Portuguesa.
Em 1948 o “Effie M. Morrissey” fez a primeira viagem para Cabo Verde, com 50 toneladas de comida e roupa e um passageiro. À chegada, Henrique Mendes registou-o nas ilhas e chamou-lhe “Ernestina”, o nome da sua filha.
A embarcação era recebida em festa em cada porto do arquipélago. Durante anos transportou viveres, estudantes e trabalhadores entre as ilhas e levou pessoas para S. Tomé. Em 1949 voltou aos Estados Unidos, numa das muitas viagens anuais até aquele país que faria depois, levando e trazendo pessoas e mercadorias.
Entre viagens aos Estados Unidos e comércio entre as ilhas, a embarcação continuou a navegar até 1974, quando foi preterido por navios mais rápidos. Perante o interesse das autoridades Norte-Americanas e dos imigrantes Cabo-Verdianos, o Governo de Cabo Verde comprou e ofereceu-o aos Estados Unidos.
Desde 2004 que o “Ernestina” está atracado no porto de New Bedford.»
CLI/FP.
© 2008 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.
2008-03-04 17:40:02
 
Eis um excelente exemplo do interesse de um Governo em manter viva a sua história através de um belo navio (que também pescou bacalhau com dóris nos Bancos) que funcionará como embaixador de Cabo Verde de porto em porto e basta olhar para a foto para ver o impacto que esta embarcação tem. Faz recordar muitas das escunas de pesca ao bacalhau Portuguesas do século passado. Esperemos que o dinheiro necessário seja reunido e em 2010 teremos um grande momento marítimo em Cabo Verde. Fico bastante contente com esta iniciativa, pois escrevi um artigo em 08.01.2008 exactamente sobre a história do “Ernestina” e da sua ligação a Cabo Verde, intitulado ““Ernestina” e Cabo Verde”.
Com esta notícia, olhe-se de novo para a situação do bacalhoeiro Português “Argus” que também está ao abandono algures num porto das Caraíbas com a companhia que o detém na falência. Interesse do Ministério da Cultura em Portugal é coisa que não acontecerá e mesmo privados... só se andar em segredo, pois não surgem novidades. Ao menos que ande em segredo. Fica o link sobre tudo o que já escrevi sobre o “Argus”, para umas luzes sobre a sua história e situação.
 
Deixo uma 2ª nota relativa ao blog “noseomar” que desde há uns dias foi retirado da blogosfera e já não está disponível. É com enorme pena que vejo este blog único desaparecer, pois muita gente aprendeu através dele o que significa a Pesca do Bacalhau e todos os dias muita da gente que visita o meu blog, “salta” para o “noseomar” através dos inúmeros links que estão aqui do lado esquerdo. Foi através dele que descobri a realidade onde também o meu pai e avô andaram bastantes anos e muito por isso iniciei o meu blog. O colega “a ver navios”, mentor do blog terá por certo as suas razões para o cancelar e tal terá de ser respeitado, mas todo o conhecimento da Faina e experiências de vida não se deveriam perder.
Esperemos que um dia volte.


publicado por cachinare às 10:29
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
subscrever feeds
últ. comentários
Pois ,nesse estado bem bebido até a sua sombra ele...
Ver está foto, salta-me muitas saudades de ouvir m...
Pescador da Nazaré ,homem do antigamente ,com traj...
Uma das formidáveis pinturas de Almada Negreiros, ...
sou de Nazare gostava de saber o meu estorial de 1...
....................COMEMORAÇÕES DO DIA DA MARINHA...
Esta réplica do Vila do Conde, participou em vário...
Pois é exactamente tal como acima se diz.Depois de...
Boa tarde , com respeito a foto aqui presente eu j...
Salvo melhor opinião, julgo que esta imagem do gra...

culturmar

tags

a nova fanequeira de vila chã

ala-arriba

alan villiers

apresentação

aquele portugal

argus

arte marítima

bacalhoeiros canadianos-americanos

bacalhoeiros estrangeiros

bacalhoeiros portugueses

barcos tradicionais

caxinas

cultura costeira

diversos

fotos soltas

galiza

jornal mare - matosinhos

memórias

modelismo naval

multimédia

museus do mar

pesca portuguesa

póvoa de varzim

relatos da lancha poveira "fé em deus"

santa maria manuela

veleiros

vila do conde

todas as tags

Vídeos
links
arquivos