Segunda-feira, 26 de Março de 2012
Da minha terra.

 

 

 Um pescador de Vila do Conde que poderia bem ilustrar os textos de Raúl Brandão, pois a foto é contemporânea dele.

 



publicado por cachinare às 00:52
link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De JAIME PIÃO a 27 de Março de 2012 às 09:35
Pescador de Vila do Conde mas só pode ser mesmo ali do sul de Vila Chá mais concretamente Sampaio isto pela Capela que se vê perto do mar na encosta ,portanto os Castros de Sampaio é natural que noutros tempos existissem os chamados pescadores lavradores ,que de verão ião ao mar em especial buscar do mar o adubo para os campos o então caranguejo ou pilado ,e também o sargaço ,mas também pescavam sardinha e faneca , de inverno trabalhavam os campos ,era assim a vida dos naturais de Mindelo,Vila Chá , Sampaio Labrujge ,Angeiras e Lavra eram tempos que o tempo não apaga !


De Anónimo a 27 de Março de 2012 às 12:33
Que me desculpem os meus amigos das Caxinas e da Poça da Barca, mas esta fotografia nada tem a ver com Vila Chã, e muito menos com Raúl Brandão.
Tentarei explicar do modo seguinte:

Primeiro, em relação ao amigo Jaime Pontes, dir-lhe-ei que esta foto foi tirada junto às antigas azenhas, que existiam no Rio Ave, do lado da Vila, lado oposto à azenha de Sant'Ana. A construção que se vê em fundo, e o Jaime estava a confundir com a capelinha existente no Castro de S. Paio, em Labruge, é a parte traseira do velho matadouro, virada ao rio, e agora demolida em 2011.
Da mesma figura deste pescador há duas fotografias
muito idênticas, feitas na mesma ocasião.

Quanto ao que nos diz o amigo A. Fangueiro, sobre a utilização de tal fotografia para ilustração de textos de Raúl Brandão, veja-se o que ele escreveu no livro Os Pescadores, onde descreve de Norte a Sul as zonas marítimas portuguesas, "esquecendo" as nossas Caxinas e Poça da Barca, que outrora nem teriam sido ignoradas pelos Vikings...
Mas como se costuma dizer que "no melhor pano cai a nódoa", perdoemos ao ti Raúl, dali da Foz do Douro.
Nisto, estou como alguém dizia:
Não basta saber escrever bem.
O que é preciso é conhecer melhor ! . . .

Cordiais saudações marinheiras,
Albino Gomes





Comentar post

mais sobre mim
subscrever feeds
últ. comentários
Pescador da Nazaré ,homem do antigamente ,com traj...
Uma das formidáveis pinturas de Almada Negreiros, ...
sou de Nazare gostava de saber o meu estorial de 1...
....................COMEMORAÇÕES DO DIA DA MARINHA...
Esta réplica do Vila do Conde, participou em vário...
Pois é exactamente tal como acima se diz.Depois de...
Boa tarde , com respeito a foto aqui presente eu j...
Salvo melhor opinião, julgo que esta imagem do gra...
Queria saber Quem deu o nome ao barco
Olá amigo Bino ,tens razão afinal a minha confusão...

culturmar

tags

a nova fanequeira de vila chã

ala-arriba

alan villiers

apresentação

aquele portugal

argus

arte marítima

bacalhoeiros canadianos-americanos

bacalhoeiros estrangeiros

bacalhoeiros portugueses

barcos tradicionais

caxinas

cultura costeira

diversos

fotos soltas

galiza

jornal mare - matosinhos

memórias

modelismo naval

multimédia

museus do mar

pesca portuguesa

póvoa de varzim

relatos da lancha poveira "fé em deus"

santa maria manuela

veleiros

vila do conde

todas as tags

Vídeos
links
arquivos