Sexta-feira, 16 de Novembro de 2012
Da minha terra.

 

Estaleiros navais de Vila do Conde, junto à ponte do lado de Azurara.



publicado por cachinare às 18:04
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

2 comentários:
De jaime piao a 18 de Novembro de 2012 às 16:24
Mais uma foto que muito me diz ,diria que foram belos tempos ,em que os barcos se faziam em madeira ,tempos áureos em que os antigos estaleiros em Vila do Conde aqui pertinho da foz do ave construíam e reparavam embarcações desde as traineiras as motoras ,eram tempos que o tempo não apaga !


De Anónimo a 20 de Novembro de 2012 às 12:36
Poucas terras e poucas gentes terão o prazer de desfrutar uma paisagem destas.
Ao fundo a capela do Socorro, com sua cúpula em estilo Árabe, mandada construir em acção de graças, pelo vilacondense Gaspar Manuel, piloto-mor na carreira da Índia, China e Japão, enriquecido com fabuloso recheio onde destaca o magnífico conjunto de azulejos, s/ o nascimento de Cristo.
Ao lado um outro ex-libris de Vila do Conde, que era a centenária Ponte da Doca, há um par de anos mandada demolir pela ignorância e má fé dos prepotentes desta Vila do Conde desmaiada...
Para além do belo casario, espelhado no azul das então chamadas «cristalinas águas do Ave», temos ainda, no primeiro plano da foto, junto a duas pequenas chatas, a esbelta proa do SELVE, propriedade do mestre Xico Maio, como que a dizer-nos que fora construída nos Estaleiros de Mestre Samuel, cujo traço era inconfundível, e único em todo o país.
Para além de outras, nesta motora, alei toneladas de pescadas, no tempo em que as havia, antes de estarmos a ver como é, Portugal na CEE (como dizia a cantiga da trêta).
E, agora, quem se lixa é o maneta . . .

Al bino


Comentar post

mais sobre mim
subscrever feeds
pesquisar neste blog
 
Modelos construídos por António Fangueiro
últimos comentários
ENTENDO QUE ESTÁ MUITO BEM O LUGAR ONDE FOI INAUGU...
Por acaso sempre admirei este lugre-motor o Cruz d...
Vinte anos depois desta Benção e trinta depois de ...
Estas tradicionais agulhas de pescadores têm estas...
Como definir em palavras o prazer que tenho em ler...
Todas estas embarcações tradicionais, a par dos tr...
Quando no já longínquo ano de 1957, vi pela primei...
Esta impressão correspondente a uma reportagem nu...
é interessante que esta traineira foi adquirida em...
A bandeira azul é um negócio e uma vaidade. Para o...
Tags

a nova fanequeira de vila chã(37)

ala-arriba(44)

alan villiers(26)

apresentação(3)

aquele portugal(70)

argus(25)

arte marítima(349)

bacalhoeiros canadianos-americanos(54)

bacalhoeiros estrangeiros(42)

bacalhoeiros portugueses(194)

barcos tradicionais(167)

caxinas(52)

cultura costeira(32)

diversos(108)

fotos soltas(139)

galiza(6)

jornal mare - matosinhos(4)

memórias(25)

modelismo naval(26)

multimédia(110)

museus do mar(30)

pesca portuguesa(43)

póvoa de varzim(88)

relatos da lancha poveira "fé em deus"(12)

santa maria manuela(2)

veleiros(12)

vila do conde(63)

todas as tags

links
arquivos
Sondagem 1
Apoia o fim das Caxinas como .Lugar. ?
Não.
Sim, para Freguesia.
Sim, para Vila.
Sem opinião.
View Result
Free Poll
texas holdem
Caxinas ainda é .Lugar. porquê?
Não tem estatuto para mais.
Vila do Conde não o quer.
A população não está informada.
View Result
Free Poll
texas holdem