Sexta-feira, 7 de Dezembro de 2012
"Argus", bandeira do pescador português.
 

«Este navio teve duas vidas e está a caminho da terceira. Foi bacalhoeiro português nos bancos da Terra Nova e da Gronelândia. Foi cruzeiro turístico nas Caraíbas, quem sabe se não foi como um barco do amor. E agora, que regressou ao país de origem depois de ter sido resgatado do abate nas Antilhas Holandesas, a ideia é torná-lo num navio-memória da sua primeira vida. O Argus ficou célebre mundialmente, tudo por causa de um livro que apareceu em 1951 nas principais livrarias de Londres e Nova Iorque e, pouco depois, em Portugal: A Campanha do Argus — Uma Viagem na Pesca do Bacalhau.»

 

por Teresa Firmino, PÚBLICO, 07/10/2012.

 

Gostei bastante deste pequeno trabalho sobre um navio icónico na história marítima portuguesa, um navio cuja situação precária acompanhei “de perto” via internet ainda antes de ter sido salvo pela Pascoal e que ficou registada em vários artigos neste mesmo blogue.

Dá gosto ver o vigor das palavras de Aníbal Paião e a forma como entende a importância deste passado marítimo português ligado à pesca no Atlântico Norte, um passado pela qual passou a sua família, passou a minha e a de muitos outros milhares por Portugal fora.

Aguardamos pacientemente o renascer do enorme “Argus”.



publicado por cachinare às 00:34
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
subscrever feeds
últ. comentários
Sem poder afirmar convictamente, penso que nesta z...
Enrolando as latas ,neste caso ,enrolando as cabaç...
Com um mínimo de imaginação, quem vê este navio, v...
Bom dia ,como em toda costa ,só ficaram fotografia...
Quantos pescadores lá ficaram ,vida mais dura não ...
Pesquisando material para uma apresentação sobre o...
Sagres II, ou simplesmente Sagres ?Ainda foi neste...
Depois de tantas nuances, entre as quais aquelas a...
Para além de nos fazer recordar a saudosa Maluda, ...
Deixem os senhores trabalharem. Têm famílias para ...

tags

a nova fanequeira de vila chã

ala-arriba

alan villiers

apresentação

aquele portugal

argus

arte marítima

bacalhoeiros canadianos-americanos

bacalhoeiros estrangeiros

bacalhoeiros portugueses

barcos tradicionais

caxinas

cultura costeira

diversos

fotos soltas

galiza

jornal mare - matosinhos

memórias

modelismo naval

multimédia

museus do mar

pesca portuguesa

póvoa de varzim

relatos da lancha poveira "fé em deus"

santa maria manuela

veleiros

vila do conde

todas as tags

Vídeos
links
arquivos
Sondagem
Apoia o fim das Caxinas como .Lugar. ?
Não.
Sim, para Freguesia.
Sim, para Vila.
Sem opinião.
View Result
Free Poll
texas holdem
Caxinas ainda é .Lugar. porquê?
Não tem estatuto para mais.
Vila do Conde não o quer.
A população não está informada.
View Result
Free Poll
texas holdem