Quarta-feira, 14 de Agosto de 2013
"Navios da Pesca do Bacalhau".

 

«A obra que aqui comentamos é uma interessante exposição de 127 fotografias de navios bacalhoeiros, agora organizada na forma de um livro.

O seu autor - o Capitão da Marinha Mercante, José Ferreira dos Santos - tem um acervo fotográfico constituido por alguns milhares de fotografias de navios, na sua maioria portugueses, devidamente organizado e catalogado. Com base neste acervo tem vindo a organizar interessantes exposições temáticas, designadamente, na Academia de Marinha, na Sociedade Histórica da Independência de Portugal e no Clube dos Oficiais da Marinha Mercante.

O livro abre com uma “dedicatória”, um preito de homenagem aos tripulantes dos navios bacalhoeiros, cuja vida duríssima, recheada de sacrifícios e provações é aqui recordada. Seguem-se os “agradecimentos” e um prefácio, um texto muito equilibrado assinado pelo Cap. M.M. António Marques da Silva, nosso estimado assinante, em seguida, uma “introdução” e um texto relativo aos navios da pesca do bacalhau, também de carácter introdutório, onde nos é recordado um alvará do Rei D. Manuel I, de 1506, instituindo um imposto sobre aquela pesca. O livro propriamente dito está organizado em capítulos onde nos são apresentadas fotografias dos diversos navios, acompanhadas por uma pequena nota assinalando os seus construtores, proprietários, acidentes e incidentes ocorridos e datas de maior significado. São os seguintes, os seis capítulos: “48 lugres, 2 lugres-patacho e 1 lugre-escuna”, “16 lugres de 4 mastros”, “18 navios-motores de pesca à linha”, “9 navios de redes de emalhar com lanchas”, “13 navios de arrasto lateral” e “20 navios de arrasto pela popa”.

O autor, nosso estimado colaborador, esteve embarcado durante mais de 30 anos em navios de comércio, cargueiros e paquetes. É membro efectivo da Academia de Marinha, investigador histórico-naval, autor de mais de três dezenas de artigos publicados na Revista de Marinha e na Revista da Armada e orador convidado em palestras relativas a assuntos marítimos. Em Julho de 2007 foi agraciado com a Medalha da Cruz Naval, de 1ª classe.

A edição em apreço foi publicada em Outubro de 2012 pela Comissão Cultural de Marinha tendo tido uma tiragem de 300 exemplares e segue a ortografia Pré –Acordo Ortográfico.

A Revista de Marinha felicita vivamente o autor e o editor por uma obra muito interessante e oportuna, que ajudará certamente a preservar a memória da gesta que foi a pesca do bacalhau em “dori” individual, que importa valorizar e recordar.

Embora este livro não tenha intuitos comerciais, juntam-se os contactos do editor, a Comissão Cultural de Marinha, tel 21 097 7300, endereço postal Praça do Império, s/n, 1400-206 Lisboa. O livro encontra-se à venda na loja do Museu de Marinha, com um preço de capa de 10€.»

 

via Revista de Marinha online.



publicado por cachinare às 12:13
link do post | comentar | favorito

1 comentário:
De JAIME PIÃO a 15 de Agosto de 2013 às 10:13
Pela primeira vês leio o que ainda não tinha lido sobre a pesca e os pescadores do bacalhau , um Oficial da marinha mercante prestando homenagem aos então pescadores bacalhoeiros ,já que tenho lido muito e nem mesmo os então antigos capitães bacalhoeiros ,alguma vês se referissem aos pescadores como homens maltratados ,eu que o diga ,pois a minha geração desde os meus avós passando pelo meu pai e eu mesmo fomos homens dos bacalhaus .
Obrigado em nome dos então pescadores bacalhoeiros a este Senhor oficial que lembra o quanto os pescadores do bacalhau sofreram com a vida que era dura ,mas muito ainda está por escrever sobre essa pesca de um dory ,um homem ,era assim os pescadores bacalhoeiros de outros tempos ,por isso digo que foram tempos que o tempo que o tempo não apaga !


Comentar post

mais sobre mim
subscrever feeds
últ. comentários
Uma das formidáveis pinturas de Almada Negreiros, ...
sou de Nazare gostava de saber o meu estorial de 1...
....................COMEMORAÇÕES DO DIA DA MARINHA...
Esta réplica do Vila do Conde, participou em vário...
Pois é exactamente tal como acima se diz.Depois de...
Boa tarde , com respeito a foto aqui presente eu j...
Salvo melhor opinião, julgo que esta imagem do gra...
Queria saber Quem deu o nome ao barco
Olá amigo Bino ,tens razão afinal a minha confusão...
Olá amigo Jaime,Tudo bem no teu comentário, except...

culturmar

tags

a nova fanequeira de vila chã

ala-arriba

alan villiers

apresentação

aquele portugal

argus

arte marítima

bacalhoeiros canadianos-americanos

bacalhoeiros estrangeiros

bacalhoeiros portugueses

barcos tradicionais

caxinas

cultura costeira

diversos

fotos soltas

galiza

jornal mare - matosinhos

memórias

modelismo naval

multimédia

museus do mar

pesca portuguesa

póvoa de varzim

relatos da lancha poveira "fé em deus"

santa maria manuela

veleiros

vila do conde

todas as tags

Vídeos
links
arquivos