Sábado, 10 de Maio de 2008
Como conta o meu pai.

 

“Gata” - Anarhichas lupus – “Wolffish” em Inglês
 
Uma das máximas da pesca à linha na Terra Nova e Gronelândia era que “nem tudo o que vem no anzol é bacalhau”. Conta o meu pai que por vezes apanhava a “gata”, nome dado a este peixe que compreende três variantes apresentadas na foto 2. Os pescadores mais antigos ainda do tempo dos lugres à vela, como o meu avô, costumavam trazê-las para casa no fim dos 6 meses de campanha, salgadas para comer, dar ou vender na vizinhança.

De aspecto ameaçador e dentes que não são brincadeira, assemelha-se bastante às “marachombas / ranhosas” que se apanham nas pedras pela costa Portuguesa e por toda a Europa, mas essas de tamanho bem mais “pequenino”. Apanhei muitas quando miúdo e lembro-me da força que faziam no anzol. Imagino pois o que seria apanhar estes bichos com uns bons quilos. Este peixe é um dos muitos em vias de extinção no Atlântico.


tags:

publicado por cachinare às 11:12
link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De António Tavares a 1 de Julho de 2012 às 17:05
Envio-vos os meus parabéns pela página maravilçhosa que apresentam....devem sentir orgulho no trabalho que fazem...


De jaime pião a 2 de Julho de 2012 às 13:29
Como passou esta foto as gatas dos mares do norte ?
Pois eu que sei daquilo que falo ,dou razão ao António ,pois que as famosas gatas não eram brincadeira ,quando vinham no trole nos anzóis era mesmo de ter cuidados ,porque as gatas onde metiam os dentes era mesmo para partir ou cortar, algumas enormes que antes de entrar no bote mordiam as beiradas do bote e ficavam bem agarradas com dentes de ferro ,então só mesmo com o bicheiro na cabeça várias vezes é que largavam ,mas depois de mortas eram normalmente escaladas e salgadas para trazer como caldeirada ,mas só os Nortenhos normalmente salgavam e traziam para Portugal como caldeirada ,digo nortenhos porque em cada Navio Bacalhoeiro embarcavam Pescadores de toda costa Portuguesa ,embora a maioria fosse das Caxinas sempre , eram as gatas ,caras de bacalhau ,peixe vermelho ou comunistas como a gente dizia na altura o saboroso comunista ,peixe vermelho prá mim melhor do que o bacalhau e outros e algumas espinhas de bacalhau que se fazia caldeirada que se trazia para casa , aí era ver quem trazia mais e melhor .
Falando em caldeirada nesse tempo anos 50 até 80 Navios veleiros e lugres motores ,uma pequena história que se passou no Lugre Aviz .
Meu Pai contou que estavam a chegar a Portugal depois de mais uma viagem ,e quando faltavam horas para chegar era de madrugada e o navio entrava de manha desse dia em Leixões Matosinhos ,ele muniu-se de uma tabuleta que dizia Caxinas ,e depois de fazer uma hora de leme aí pelas 4 horas da madrugada foi numa barrica de samos e linguas de bacalhau a popa do Navio e pregou por cima da tabuleta que já tinha que era do Capitão do Aviz então pregou por cima a pequena tabuleta que dizia Caxinas e na altura de descarregar as caldeiradas para um batelão essa mesma barrica ou barril de caldeirada por sinal veio mesmo na camioneta de vagagem para Caxinas ,claro que o meu Pai estava atento e alguns outros pescadores de caxinas perguntaram ,aqui uma barrica que diz Caxinas de quem é ?
Meu Pai que esperava também a sua bagagem disse é minha ! mas os amigos disseram ,mas não tem nome ,meu pai respondeu que era dele ,foi esquecimento em meter o nome ,e trouxe para casa ,e assim foi a melhor caldeirada que comi durante meses em casa ,pois que o barril era grande e vinha cheio de linguas e samos de bacalhau ,,,tempos que o tempo não apaga !!!


Comentar post

mais sobre mim
subscrever feeds
últ. comentários
Outros tempos ,diria mesmo meus tempos de rapaz ,o...
Pois ,nesse estado bem bebido até a sua sombra ele...
Ver está foto, salta-me muitas saudades de ouvir m...
Pescador da Nazaré ,homem do antigamente ,com traj...
Uma das formidáveis pinturas de Almada Negreiros, ...
sou de Nazare gostava de saber o meu estorial de 1...
....................COMEMORAÇÕES DO DIA DA MARINHA...
Esta réplica do Vila do Conde, participou em vário...
Pois é exactamente tal como acima se diz.Depois de...
Boa tarde , com respeito a foto aqui presente eu j...

culturmar

tags

a nova fanequeira de vila chã

ala-arriba

alan villiers

apresentação

aquele portugal

argus

arte marítima

bacalhoeiros canadianos-americanos

bacalhoeiros estrangeiros

bacalhoeiros portugueses

barcos tradicionais

caxinas

cultura costeira

diversos

fotos soltas

galiza

jornal mare - matosinhos

memórias

modelismo naval

multimédia

museus do mar

pesca portuguesa

póvoa de varzim

relatos da lancha poveira "fé em deus"

santa maria manuela

veleiros

vila do conde

todas as tags

Vídeos
links
arquivos