Quarta-feira, 3 de Outubro de 2007
400 rostos bacalhoeiros Figueirenses.

Segundo notícia da Agência Lusa, duas exposições serão inauguradas quinta-feira, 04/10, pelas 18:00, no CAE da Figueira da Foz e estarão patentes ao público até 31 de Dezembro.

Uma delas refere-se à Campanha do Argus, trabalho fotográfico de Alan Villiers do ínicio dos anos 50 doado ao Museu Marítimo de Ílhavo e a outra, sem dúvida de grande importância e estima para tantos Figueirenses refere-se a fotos de rostos de 400 pescadores da Figueira que andaram ao bacalhau entre a década de 50 e 1974.

Aqui fica a notícia na íntegra:

 

"Cerca de 400 fotografias de pescadores de bacalhau oriundos do concelho da Figueira da Foz constam de uma exposição a inaugurar quinta-feira no Centro de Artes e Espectáculos (CAE) desta cidade, elaborada pelo Museu Marítimo de Ílhavo."
  
"Caixa de Memória - Figueirenses na pesca do Bacalhau" assim se chama a exposição que reúne 400 rostos e nomes de pescadores que, durante 20 anos, entre a década de 50 e 1974, se dedicaram à pesca do bacalhau.
"Quem ia para a pesca tinha de se inscrever no antigo Grémio do Comércio do Bacalhau. O museu tem todos os arquivos, são 19 mil nomes, 934 oriundos do concelho da Figueira da Foz. Escolhemos 400, a partir da década de 50, para haver possibilidades de incluir (na exposição) homens ainda vivos" disse à Lusa Álvaro Garrido, director do Museu Marítimo de Ílhavo (MMI).
É a segunda vez que o MMI promove a "Caixa da Memória", depois do projecto ter incluído pescadores de Matosinhos que se dedicavam à pesca do bacalhau.
Álvaro Garrido sublinha a "emoção" com que centenas de pescadores de Matosinhos aderiram à exposição ali realizada, esperando repetir, na Figueira da Foz, o sucesso da iniciativa.
"Temos tido muitos contactos (com pescadores) e vamos realizar algumas dezenas de entrevistas para um projecto de arquivo de memórias vivas da pesca do bacalhau", sublinhou.
O responsável do museu afirmou ainda que qualquer pescador que apareça retratado na exposição a inaugurar quinta-feira no CAE poderá levar para casa uma cópia da ficha de inscrição original.
"Teremos todo o gosto de lhes oferecer uma reprodução a cores da ficha de inscrição", disse.
Para além da "Caixa de Memória", o Centro de Artes da Figueira da Foz apresentará uma exposição de fotografias intitulada "A Campanha do Argus", de Alan Villiers, jornalista e escritor australiano que, em 1950, embarcou no lugre Argus, vivendo e anotando todos os detalhes da campanha da pesca do bacalhau nos mares frios da Terra Nova e Gronelândia.
"Em 1959 Alan Villiers doou ao então Museu Municipal de Ílhavo o álbum original das fotografias que fez a bordo do Argus. A colecção foi recuperada e digitalizada para poder ser mostrada em exposições itinerantes", explicou Álvaro Garrido.
Para além das fotografias, a viagem de Villiers resultou numa reportagem publicada na National Geographic Magazine, em 1952, um filme e um livro, originalmente traduzido em 16 línguas e depois reeditado pelo Museu Marítimo de Ílhavo em português e espanhol.
Ambas as exposições serão inauguradas quinta-feira, pelas 18:00, no CAE da Figueira da Foz e estarão patentes ao público até 31 de Dezembro."
© 2007 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.
 
Provavelmente será difícil um dia o MMI levar a cabo a mesma exposição só com pescadores das Caxinas, mas acredito um dia ver "Caixa de Memória - Vilacondenses, Caxineiros e Poveiros na Pesca do Bacalhau". - Fica o desejo.


publicado por cachinare às 14:45
link do post | comentar | favorito

3 comentários:
De jaime pontes a 10 de Maio de 2009 às 18:45
Vou sonhando com essa ideia de ver um memorando de pescadores poveiros e vilacondenses prá quando ? será que não seria altura de alguém acordar e relançar essa ideia António? que memorias que jeito dava ver os mais jovéns a admirar e dizer ,aquele é o meu visa avô e aquele o meu avô e aquele é o meu pai e aquele é o meu tio e assim susseçivamente ,seria uma hótima ideia e dava mais sequensias as coisas ,podia ser que as pessoas acordassem e projectassem a tão ambicionada homenagém aos nossos bacalhoeiros e que bém merecem , muitos já não estão entre nós mas ainda hà quem represente esses que já partiram um BÉM-HAJA a todos ...um abraço e saudações maritimas .Jaime Pião


De Anónimo a 12 de Maio de 2009 às 17:22
Hoje reparo que o amigo Jaime Pontes, datado de 10/5/2009, em referência a este artigo do Caxineiro , de 3/10/2008, sobre os Pescadores Bacalhoeiros, no
seguimento do que então dizia o Fangueiro, cito:
«Provavelmente será difícil um dia o MMI levar a cabo a mesma exposição, só com Pescadores das Caxinas, mas acredito um dia ver» etc., igualmente lamenta o facto de ainda não ter vindo às Caxinas. Ora, tal como já tive oportunidade de alertar o Museu Marítimo de Ílhavo, antes desta "peregrinação" da
agora chamada CAIXA DE MEMÓRIA, já antes cá tinha estado nas Caxinas, numa Exposição organizada com minha colaboração, quando presidia à Associação dos Marinheiros de Vila do Conde,
exactamente sobre este tema.
Portanto, a primeira terra onde se realizou esta Exposição de Pescadores Bacalhoeiros, onde entre tantas outras fotos, estava a minha, foi em Caxinas - Vila do Conde. Só que como Vila do Conde tinha o maior núcleo de pescadores na Pesca do Bacalhau, apenas estiveram expostas as fotos dos pescadores com os nomes até à letra J ou M. Os restantes estariam numa próxima oportunidade . Entretanto, julgo que há dois anos essa oportunidade surgiu, mas como eu não estive dentro do assunto, a coisa fez-se "à balda", e em vez de seguir a ordem alfabética, tal como anteriormente, houve tantos nomes que se repetiram e outros que nunca mais apareceram. Já anteriormente, e também por altura da Festa do Senhor dos Navegantes, tínhamos exposto as fotos de mais de meia centena de Lugres Bacalhoeiros, igualmente cedidos graciosamente pelo Museu Marítimo de Ílhavo, e por mim escolhidos como sendo os mais significativos. Igualmente, pela Associação dos Marinheiros, cá exposemos JERUSALÉM NOS TEMPOS DE CRISTO e «OS CAMINHOS DE JERUSALÉM, trabalhos em maquetas, realizados pelos consagrados Irmãos Matias, artistas do Museu de Marinha-Lisboa , e que
segundo o Revº P. Domingos, atraiu à Cripta do
Senhor dos Navegantes, mais de 50 000 pessoas.
Enfim, a gente ensina-lhes os caminhos, e depois, eles lá voam sósinhos .
...e às vezes, lá se perdem.
Portanto, amigos Fangueiro e Jaime, parcialmente, tal
Exposição, já aconteceu duas vezes.
Fraternais cumprimentos,

Albino Gomes


De jaime pontes a 12 de Maio de 2009 às 23:44
Boa noite amigo Albino e António ,eu não deixo de dar razão, sim duas vezes a caixa de memórias vieram as Caxinas e pelos comentarios que fui ouvindo a rapaziada ,pelo menos aqueles que iam descortinando as suas fotos ficavam com os olhos em bico ,mas tambem vi muitos como eu a correr com os olhos de les a les e só fotos de conheçidos e muito bém ,pelo menos também fiquei satisfeito ém descortinar fotos de homens mais velhos que já foram a muito e amigos do meu tempo ,mas cada um queria recordar a sua foto e vi muitos desiludidos ém não encontrar a sua ,portanto eu quando digo que queria ver se fosse possivel éra as fotos a começar pelos mais velhos ,até os mais novos, claro que não é façil e com certeza não se encontra a mão tais fotos ,por isso mesmo se por acaso se pudesse reunir fotos dos pescadores de Vila do Conde e Povoa de Varzim desde os mais velhos até os mais novos isso é que éra memoravel ,e a partir daí se fazia a mereçida homenagém aos nossos pescadores bacalhoeiros ,tarde mas ainda a tempo de justificar uma boa lembrança para os antigos herois do atlantico norte ,homéns dos gelos ,dos temporais e dos nevoeiros .

meus comprimentos aos amigos António e Albino.

Jaime Pião


Comentar post

mais sobre mim
subscrever feeds
últ. comentários
Pescador da Nazaré ,homem do antigamente ,com traj...
Uma das formidáveis pinturas de Almada Negreiros, ...
sou de Nazare gostava de saber o meu estorial de 1...
....................COMEMORAÇÕES DO DIA DA MARINHA...
Esta réplica do Vila do Conde, participou em vário...
Pois é exactamente tal como acima se diz.Depois de...
Boa tarde , com respeito a foto aqui presente eu j...
Salvo melhor opinião, julgo que esta imagem do gra...
Queria saber Quem deu o nome ao barco
Olá amigo Bino ,tens razão afinal a minha confusão...

culturmar

tags

a nova fanequeira de vila chã

ala-arriba

alan villiers

apresentação

aquele portugal

argus

arte marítima

bacalhoeiros canadianos-americanos

bacalhoeiros estrangeiros

bacalhoeiros portugueses

barcos tradicionais

caxinas

cultura costeira

diversos

fotos soltas

galiza

jornal mare - matosinhos

memórias

modelismo naval

multimédia

museus do mar

pesca portuguesa

póvoa de varzim

relatos da lancha poveira "fé em deus"

santa maria manuela

veleiros

vila do conde

todas as tags

Vídeos
links
arquivos