Terça-feira, 18 de Novembro de 2008
“Regresso ao Litoral – Embarcações Tradicionais Portuguesas”.

 

No próximo dia 24 de Novembro, pelas 17:30, terá lugar no Museu de Marinha, em Lisboa, a apresentação do novo trabalho levado a cabo pela Drª Ana Maria Lopes, relacionado com as embarcações tradicionais de Portugal e o seu actual estado. O evento estará a cargo do Professor Dr. Álvaro Garrido, actual Director do Museu Marítimo de Ílhavo.
Percorrendo vários pontos da costa, esta obra apresenta uma análise “ao estado dos barcos e artes”, comparando os resultados com as décadas passadas desde os anos 60, o que se perdeu e o que se terá mantido e alterado. É sem dúvida uma obra necessária para a visão actual desta importante faceta de vida e trabalho em Portugal (a pesca e transporte fluvial), sendo ao mesmo tempo um aspecto cultural de enorme importância para o país, pois vários guias turísticos de Portugal editados no estrangeiro apresentam na capa precisamente uma das suas belezas mais características: os barcos, de formas únicas e coloridos.
Há uma grande necessidade de despertar cada vez mais consciências para a importância dos barcos tradicionais e tudo o que os rodeia. A Galiza e o seu trabalho desenvolvido nos últimos 15 anos são um óptimo exemplo de sucesso, existindo hoje cerca de 42 associações centradas nos barcos tradicionais locais e barcos (recuperados e novos) são às dezenas. Três dessas associações são de Vila do Conde, Esposende e Viana do Castelo, o que denota a falta de um organismo em Portugal onde se centre este sector potenciador de trabalho, turismo e manutenção de artes tradicionais de construção naval em madeira. Se Portugal sempre foi e é um “país de mar”, comprovado hoje em dia ainda pelo grande número de pescadores e pelo grande turismo “litoral”, será estranho que não se mantenha e recupere a base da vida no mar e no rio, que é o Barco.
A obra terá uma 2ª apresentação em Ílhavo, no dia 29 pelas 17:00, a cargo do Comandante Rodrigues Pereira.


publicado por cachinare às 08:27
link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De João Baptista a 19 de Novembro de 2008 às 00:10
Caro amigo, em Portugal existe a Associação Portuguesa do Património Maritimo, com sede em Setubal da qual sou tambem fundador, e actualmente presidente do conselho fiscal. A APPM, começou a ganhar forma corria o ano de 1999, depois da Expo 98 e do Festival dos Oceanos em 1999, muitos kilometros feitos a correr para Lisboa a reuniões e para Setubal, até à eleição dos corpos sociais da Associação que é de ambito nacional. Pouco conhecida é certo mas, por cá os meios são escassos e só os "loucos" ainda se interessam pelos barcos velhos...

Abraço deste lado do mar


De cachinare a 19 de Novembro de 2008 às 08:53
Boas João.

Pois ontem ao escrever o artigo confesso que me passou ao lado a APPM, pois já a conhecia há cerca de ano e meio e não me surpreende que seja parte da sua fundação. Descobri na altura o seu site, (da APPM) mas continua em manutenção desde sempre.
Bem sei das dificuldades de fazer estas coisas vingar em Portugal e também que com a Expo98 surgiu uma onda de grandes vontades, muito se escreveu, publicou-se por exemplo a excelente "Oceanos", mas passada a Expo e uns poucos anos, voltou quase tudo ao mesmo e a fragata em Lisboa é um exemplo de que as autoridades em Portugal têm por vezes demasiado gosto pelo "show off", principalmente quando é para mostrar além fronteiras, mas internamente não trabalham para solidificar associações, grupos de gente como o João que querem trabalhar e desenvolver estas coisas "de loucos", como lhe chama e bem. Os exploradores e descobridores também eram loucos... .
A mim, ainda não me chamaram louco, mas por outras palavras anda perto. O certo é que hei-de ser louco por estas coisas para o resto da vida e tenho enorme prazer nisso.

Saudações marítimas,
A.Fangueiro


Comentar post

mais sobre mim
subscrever feeds
últ. comentários
Esta bela foto retrata bem o que eram os tempos an...
Mais de um ano depois, volto aqui (ao blog), e li ...
é de facto interessante, mas .... o que caracteriz...
Conforme já referi algures, no próximo Sábado, 23 ...
Na verdade, típico é os nossos vizinhos da Póvoa ...
Belo quadro pintado ,dois botes um a vela e outro ...
Outros tempos ,diria mesmo meus tempos de rapaz ,o...
Pois ,nesse estado bem bebido até a sua sombra ele...
Ver está foto, salta-me muitas saudades de ouvir m...
Pescador da Nazaré ,homem do antigamente ,com traj...

culturmar

tags

a nova fanequeira de vila chã

ala-arriba

alan villiers

apresentação

aquele portugal

argus

arte marítima

bacalhoeiros canadianos-americanos

bacalhoeiros estrangeiros

bacalhoeiros portugueses

barcos tradicionais

caxinas

cultura costeira

diversos

fotos soltas

galiza

jornal mare - matosinhos

memórias

modelismo naval

multimédia

museus do mar

pesca portuguesa

póvoa de varzim

relatos da lancha poveira "fé em deus"

santa maria manuela

veleiros

vila do conde

todas as tags

Vídeos
links
arquivos