Sexta-feira, 7 de Dezembro de 2007
Velas Brancas em St. John´s.
 
 
Estas duas fotos são de St. John´s da Terra Nova, Canadá e já anteriormente referi que visto este ser o porto de paragem obrigatória da frota bacalhoeira portuguesa durante séculos, era denominado pelos pescadores como a sua “segunda casa”. Foi em meados do séc. XX que mais se acentuou a presença dos nossos lugres e navios neste porto e estas fotos mostram mais um exemplo de que pessoas e instituições desta terra gostam de manter a memória da frota e contacto português vivo. A notícia que descobri saiu em 09.08.2004 por parte dos responsáveis pela requalificação da baixa da cidade. Segundo descreve, estas 5 velas brancas representam a Frota Branca portuguesa, cuja fama era mundial. Situam-se na baixa da cidade, em frente ao hotel Fairmont e pretendem manter vivo o elo entre a Terra Nova e Portugal, mais especificamente St. John´s e Ílhavo, por serem pontos capitais deste contacto. O monumento inclúi imagens em azulejo pintado de navios portugueses bem como cenas do distrito de Aveiro antigo, com canais, salinas ou moliceiros. Hasteada em frente ao hotel está também a bandeira gironada da cidade de Ílhavo, com o respectivo brasão. A construção deste monumento foi da responsabilidade do Grand Concourse Authority e teve apoios do governo federal do Canadá. A notícia termina dizendo que do outro lado do Atlântico, em Ílhavo existe um monumento sobre o mesmo tema, no entanto o único que conheço é a “Homenagem ao Homem do Mar” em frente ao Museu Marítimo de Ílhavo. Não descobri qualquer referência em português a um monumento paralelo ao de St. John´s, mas pode ser que isto, algum ilhavense possa esclarecer. Embora pareça por vezes que o Canadá virou as costas a Portugal, por razões que à economia dizem respeito, essa atitude como seria de esperar saiu de Ottawa, mas da Terra Nova continuam a sair sinais de que sempre nos demos bem e que há todo o interesse em manter o passado vivo. Cabe a quem tem poder para isso em terras lusas, desenvolver iniciativas em conjunto com o lado de lá, pois vejo St. John´s e Ílhavo como dois velhos pescadores sentados lado a lado a recordar histórias e mais histórias de mar em conjunto. As memórias que eles ainda têm para nos contar...


publicado por cachinare às 14:59
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
subscrever feeds
últ. comentários
Aproveitando a ocasião, sugiro a todos, pescadores...
Na verdade, tal como diz o Jaime Pontes, esta pose...
Claro que como demonstração tá tal e qual mas ,não...
Tal como se fosse um «filho pródigo», 7 meses depo...
é com orgulho e admiração que leio e recordo este ...
Esta bela foto retrata bem o que eram os tempos an...
Mais de um ano depois, volto aqui (ao blog), e li ...
é de facto interessante, mas .... o que caracteriz...
Conforme já referi algures, no próximo Sábado, 23 ...
Na verdade, típico é os nossos vizinhos da Póvoa ...

culturmar

tags

a nova fanequeira de vila chã

ala-arriba

alan villiers

apresentação

aquele portugal

argus

arte marítima

bacalhoeiros canadianos-americanos

bacalhoeiros estrangeiros

bacalhoeiros portugueses

barcos tradicionais

caxinas

cultura costeira

diversos

fotos soltas

galiza

jornal mare - matosinhos

memórias

modelismo naval

multimédia

museus do mar

pesca portuguesa

póvoa de varzim

relatos da lancha poveira "fé em deus"

santa maria manuela

veleiros

vila do conde

todas as tags

Vídeos
links
arquivos