Sexta-feira, 3 de Abril de 2009
Bacalhoeiros de Portugal por uma objectiva alemã.

 

«Juntando-se às tradicionais escunas dos Bancos de 2, 3 ou 4 mastros, ocasionalmente podem ver-se navios-motor, esses já sem velas. No entanto estas unidades a motor continuam a trazer dóris, mantendo a tradicional pesca-à-linha. Na foto, o navio-motor "Capitão Ferreira"».
 
fonte: Geographische Rundschau 7, 1962 – Wirtschaftsgeographie


publicado por cachinare às 08:08
link do post | comentar | favorito

1 comentário:
De jaimepontes a 23 de Abril de 2009 às 22:31
O Capitão Ferreira aqui já estava carregado e pronto para largar para Portugal ,que bóm diziam com certesa os pescadores na altura ,vamos tratar da caldeirada e amarrar bém os barris porque a viagém nunca se save como decorre ,portanto preparar tudo a maneira para a viagém . Nessas alturas de se aprontar para seguir viagém para Portugal ,aconteçeu numa das minhas viagéns no Aviz e com o navio carregado só mais uns quintais de bacalhau para viagém e para compor o porão disse o Capitão ! Só que ainda no pesqueiro apanhamos um forte temporal que foi noite e dia de capa cerrada e tudo que éra barris desapareceu e até duas pilhas de botes foram levados e desfeitos ,ficamos sem caldeirada ,mas também passado esse siclone arriamos e o Navio naufragou por incendio portanto a dita caldeirada ia na mesma pró fundo ,mas éra a nossa caldeirada que dava muito jeito cá ém casa ,umas caras e espinhas também uns bacalhaus pequenos a sucapa uns peixes vermelhos ou comunistas como se dizia na altura e umas linguas de bacalhau quem tivesse unhas arranjava a melhor caldeirada e que jeito fazia para passar o Inverno ém casa éram tempos difiçeis portanto ,que alegria quando o navio estava pronto para o regreço nem se dormia como devia ser a rapasiada andavam -mos todos alterados ,éra assim a pesca do bacalhau ...Jaime Pião


Comentar post

mais sobre mim
subscrever feeds
últ. comentários
Desculpe, o bisavô ou tios-avós têm a ver com a Sa...
boa tarde.Só para informar que a fotografia é da a...
meu tataravô era Armeiro ai Na Noruega. Gostaria d...
Meu Caro António FangueiroJulgo que se equivocou a...
Com todos os dados meu amigo Albino ,claro que ouv...
Desta foto guardo bastas recordações ,pois foi nes...
Grato, amigo António Fangueiro! Bem-haja!Grande ab...
Até tu Peixe-Espada, desapareces-te ! . . .Talvez ...
Olá, GraçaMuito obrigada pela partilha da sua hist...
Olá, Ana Paula!Só agora vi este comentário. Sim, s...

culturmar

tags

a nova fanequeira de vila chã

ala-arriba

alan villiers

apresentação

aquele portugal

argus

arte marítima

bacalhoeiros canadianos-americanos

bacalhoeiros estrangeiros

bacalhoeiros portugueses

barcos tradicionais

caxinas

cultura costeira

diversos

fotos soltas

galiza

jornal mare - matosinhos

memórias

modelismo naval

multimédia

museus do mar

pesca portuguesa

póvoa de varzim

relatos da lancha poveira "fé em deus"

santa maria manuela

veleiros

vila do conde

todas as tags

Vídeos
links
arquivos