Segunda-feira, 20 de Julho de 2009
A preto e branco.

 

Há dias recebi esta magnífica surpresa do amigo José Cunha, de Vila Conde, pessoa que sempre admirou as Caxinas e as gentes que desenvolveram aquelas antigas dunas e ermos. Segundo palavras suas, essas gentes das Caxinas... “rudes, corajosas, sem grande instrução, mas Homens em toda a sua plenitude”, revelam o amante que é da comunidade.
A foto retrata a hoje turística praia das “Cachinas”, cliché dos muitos tesouros da autoria de J.Adriano, que certamente andam guardados dentro de gavetas, ainda à espera de ver a luz do dia. Mostra-nos as Caxinas por alturas de 1910-1920, ao que parece ainda antes de existir o padrão, hoje bem característico da comunidade, em cima dos rochedos que ficam submersos na maré-cheia e se vêem na foto.
Todos os barcos que povoavam este areal eram da tipologia poveira e revela que afinal, nem só os barcos de menor porte varavam nas Caxinas (devido aos baixios e penedia). Vê-se claramente o que será uma lancha, diria pequena, na casa dos 11 metros de comprimento, com cerca de 5 bancos e tosta de proa bem ampla. Pela sua esquerda eventualmente um batel, ao que parece de nome “S. Donato”. Catraias grandes, pequenas e caícos perfazem depois a maior parte dos restantes barcos.
Certamente que o amigo e frequente comentador Jaime Pião nos poderá revelar muitos mais detalhes sobre estas Caxinas e sobre estes barcos, e sobre uma figura que veio referenciada com a foto, o Sr. Eduardo Pereira Pinto, alguém muito admirado pelo povo caxineiro.
Obrigado José, por mais esta janela para o passado das “nossas” Caxinas.


publicado por cachinare às 08:24
link do post | favorito

De José Cunha a 20 de Julho de 2009 às 16:15
Que sorte, António, ter alguém como o Sr.Jaime a comentar as suas fotos. Até as "a preto e branco", parecem ganhar cor.
Logo que possível, tratarei de ir ás Caxinas, descobrir essas fotos.


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




mais sobre mim
subscrever feeds
últ. comentários
Desculpe, o bisavô ou tios-avós têm a ver com a Sa...
boa tarde.Só para informar que a fotografia é da a...
meu tataravô era Armeiro ai Na Noruega. Gostaria d...
Meu Caro António FangueiroJulgo que se equivocou a...
Com todos os dados meu amigo Albino ,claro que ouv...
Desta foto guardo bastas recordações ,pois foi nes...
Grato, amigo António Fangueiro! Bem-haja!Grande ab...
Até tu Peixe-Espada, desapareces-te ! . . .Talvez ...
Olá, GraçaMuito obrigada pela partilha da sua hist...
Olá, Ana Paula!Só agora vi este comentário. Sim, s...

culturmar

tags

a nova fanequeira de vila chã

ala-arriba

alan villiers

apresentação

aquele portugal

argus

arte marítima

bacalhoeiros canadianos-americanos

bacalhoeiros estrangeiros

bacalhoeiros portugueses

barcos tradicionais

caxinas

cultura costeira

diversos

fotos soltas

galiza

jornal mare - matosinhos

memórias

modelismo naval

multimédia

museus do mar

pesca portuguesa

póvoa de varzim

relatos da lancha poveira "fé em deus"

santa maria manuela

veleiros

vila do conde

todas as tags

Vídeos
links
arquivos