Sexta-feira, 19 de Fevereiro de 2010
A preto e branco.

Considerado por muitos como o maior fotógrafo português do séc. XX, Joshua Benoliel documentou como ninguém vários aspectos do início de século, desde os eventos da 1ª República, à I Guerra Mundial, passando por trabalhos para a Ilustração Portugueza ou O Século. Foram também várias as fotos que registaram a frota bacalhoeira portuguesa da altura, quando ainda não era branca e cada navio envergava as cores do seu armador, o que nas fotos a preto e branco lhes dá quase sempre tom escuro.

Esta foto, da sua autoria, mostra os preparativos do lugre “Infante de Sagres 3.º” no rio Tejo, antes da largada para a Terranova. Um aspecto raro de se ver em bacalhoeiros tão antigos.


publicado por cachinare às 08:06
link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De jaime pião a 19 de Fevereiro de 2010 às 11:50
Mais uma maravilha dos tempos bacalhoeiros o Infante Sagres terceiro , quer dizer que antes ouve outros lugres com o mesmo nome ,portanto eram tempos difíceis esses, eu ao olhar para esta fotografia fico com a impressão que já vi este filme varias vezes ,por isso recordo que muitas vezes ajudei nestes serviços de içar vela e arriar velas e enrolar as velas nas vergas o que as vezes era muito difícil fazer estas manobras ,em especial aquando de maus tempos e muito frio ,eram tempos duros ,e muitas vezes com risco das próprias vidas ,eu sei daquilo que falo ,mais uma vês queria através deste blogs e destas escritas do amigo António Fangueiro elogiar todo o seu empenho em nos trazer estas belas memórias de indiscutível valor para nós leitores em geral ,e dos pescadores em especial ,um BEM-HAJA ,ao Blogs !!!


De Armando Santos a 3 de Junho de 2018 às 19:03
Meu Caro António Fangueiro
Julgo que se equivocou ao atribuir o nome do foto-jornalista á foto exibida. De facto, Joshua Benoliel faleceu em 1932 e o lugre Infante de Sagres 3º (nome inscrito no bordo dos dóris empilhados) surgiu em 1939 até ter naufragado em 1951; antes era apenas Infante de Sagres (1921-1938).
Cumprimentos


Comentar post

mais sobre mim
subscrever feeds
últ. comentários
boa tarde.Só para informar que a fotografia é da a...
meu tataravô era Armeiro ai Na Noruega. Gostaria d...
Meu Caro António FangueiroJulgo que se equivocou a...
Com todos os dados meu amigo Albino ,claro que ouv...
Desta foto guardo bastas recordações ,pois foi nes...
Grato, amigo António Fangueiro! Bem-haja!Grande ab...
Até tu Peixe-Espada, desapareces-te ! . . .Talvez ...
Olá, GraçaMuito obrigada pela partilha da sua hist...
Olá, Ana Paula!Só agora vi este comentário. Sim, s...
Caro Albino Gomes, Muito obrigada pela partilha!

culturmar

tags

a nova fanequeira de vila chã

ala-arriba

alan villiers

apresentação

aquele portugal

argus

arte marítima

bacalhoeiros canadianos-americanos

bacalhoeiros estrangeiros

bacalhoeiros portugueses

barcos tradicionais

caxinas

cultura costeira

diversos

fotos soltas

galiza

jornal mare - matosinhos

memórias

modelismo naval

multimédia

museus do mar

pesca portuguesa

póvoa de varzim

relatos da lancha poveira "fé em deus"

santa maria manuela

veleiros

vila do conde

todas as tags

Vídeos
links
arquivos