Sábado, 9 de Fevereiro de 2008
“Pacific Grace”.
Lançado à água em 1999, o “Pacific Grace” foi construído pela instituição S.A.L.T.S. nos seus estaleiros (Heritage Shipyards) em Victoria, Columbia Britânica na costa Oeste do Canadá, com o propósito de funcionar como réplica e substituto do “Robertson II” como embarcação de treino à vela.
Todas as linhas e medidas do “Robertson II” foram tiradas em doca-seca e após algumas ligeiras modificações ao desenho para se acomodar ao seu principal papel de treino à vela com instruendos, o trabalho de construção iniciou-se em 1993. O abrigo nos estaleiros sob o qual decorreriam os trabalhos teve de ser aumentado para albergar o seu comprimento total de mais de 42 metros.
O “Pacific Grace” completou diversas épocas de programas costeiros antes de em Setembro de 2003 fazer a sua primeira viagem fora da costa até ao Pacífico Sul. Entre Junho de 2007 e Junho de 2008 estará em constante périplo no Pacífico Norte e a 31.01.2008 chegou a Okinawa no Japão sob o comando do Capitão Tony Anderson com 20 instruendos com idades entre os 18 e os 25 anos.
As linhas destas escunas de pesca são extraordinárias, considerando que tinham como função primária o trabalho e não o recreio. No caso do “Pacific Grace”, este nasceu específicamente para o treino de mar e nunca andou ou andará na faina por bacalhau, eglefim ou alabote. No entanto é uma réplica quase exacta de uma escuna de pesca, não lhe faltando os dóris no convés. De salientar que os dóris fazem parte do treino de mar, não são apenas para fazer figura.
Por ironia do destino em 2007 o histórico “Robertson II”, sobre o qual escrevi em 05.02.2008, embateu num recife na costa Oeste do Canadá e lá acabará os seus dias pelo que se depreende da dificuldade e certo desinteresse das autoridades em retirá-lo do local.
 
Links de interesse:
 
Visita virtual da escuna.
Os estaleiros da S.A.L.T.S..
Várias fotos.


publicado por cachinare às 17:46
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
subscrever feeds
últ. comentários
boa tarde.Só para informar que a fotografia é da a...
meu tataravô era Armeiro ai Na Noruega. Gostaria d...
Meu Caro António FangueiroJulgo que se equivocou a...
Com todos os dados meu amigo Albino ,claro que ouv...
Desta foto guardo bastas recordações ,pois foi nes...
Grato, amigo António Fangueiro! Bem-haja!Grande ab...
Até tu Peixe-Espada, desapareces-te ! . . .Talvez ...
Olá, GraçaMuito obrigada pela partilha da sua hist...
Olá, Ana Paula!Só agora vi este comentário. Sim, s...
Caro Albino Gomes, Muito obrigada pela partilha!

culturmar

tags

a nova fanequeira de vila chã

ala-arriba

alan villiers

apresentação

aquele portugal

argus

arte marítima

bacalhoeiros canadianos-americanos

bacalhoeiros estrangeiros

bacalhoeiros portugueses

barcos tradicionais

caxinas

cultura costeira

diversos

fotos soltas

galiza

jornal mare - matosinhos

memórias

modelismo naval

multimédia

museus do mar

pesca portuguesa

póvoa de varzim

relatos da lancha poveira "fé em deus"

santa maria manuela

veleiros

vila do conde

todas as tags

Vídeos
links
arquivos