Quinta-feira, 15 de Janeiro de 2009
Arte marítima.

O Pescador  -  José Júlio de Sousa Pinto

 
Num dos aspectos mais básicos da vida, o mais pequeno aprende e assimila a experiência do maior, tentando imitar. Lembra-me quando ia aos sábados à tarde pescar para as pedras do cais Sul da Póvoa de Varzim com o meu pai, teria eu uns 10 anos e sempre que vinha uma marachomba no anzol, muitas vezes era um problema para a tirar dele. Era também complicado meter a pulga (o isco do areal) correctamente no anzol e quantas me saltavam dos dedos por entre as pedras. Nesta altura o meu pai tinha deixado a pesca do bacalhau há cerca de 12 anos, e hoje percebo que ir para as pedras com umas linhas e anzóis era de certa forma reviver tempos da Terra Nova e o prazer que a pesca à linha traz. Para mim, estas memórias dos anos 80 não têm preço e quando penso em pesca, a pesca à linha está sempre primeiro.


publicado por cachinare às 09:03
link do post | comentar | favorito

3 comentários:
De O_Fartura a 15 de Janeiro de 2009 às 23:55
O teu blogue é sinxelamente impresionante.
Vouche visitar máis a miudo.
Obrigado


De Marieke a 18 de Janeiro de 2009 às 14:35
Tens razão O'Fartura...o blogue Caxinas é umblogue de visita assídua...éuma fonte de consulta..sobre temas do mar..
Parabéns ao António Fangueiro...Bom Ano para si...espero que tenha mitigado um pouco as saudades de Portugal...neste Natal
Como sempre parabéns pelo blogue
Marieke


De jaime pontes a 31 de Janeiro de 2009 às 01:23
Caro antónio mas que recordação fantastica ,até pareçe que estou a reviver esse passado ,quando ia com os estralhos para os penedos aos sarrões e lolões e ranhosas éra assim nesse tempo ,mas com pulga da areia ou com serrada do mexilhão éra assim que eu trazia peixe para comer ,mas as vezes apareçia todo molhado e então éra porrada da mãe mas eu não desistia ,sempre que havia tempo e mar de feição então éra só correr a praia direito aos penedos éram tempos que já não voltam . Saudações até sempre ...Jaime pontes...


Comentar post

mais sobre mim
subscrever feeds
últ. comentários
boa tarde.Só para informar que a fotografia é da a...
meu tataravô era Armeiro ai Na Noruega. Gostaria d...
Meu Caro António FangueiroJulgo que se equivocou a...
Com todos os dados meu amigo Albino ,claro que ouv...
Desta foto guardo bastas recordações ,pois foi nes...
Grato, amigo António Fangueiro! Bem-haja!Grande ab...
Até tu Peixe-Espada, desapareces-te ! . . .Talvez ...
Olá, GraçaMuito obrigada pela partilha da sua hist...
Olá, Ana Paula!Só agora vi este comentário. Sim, s...
Caro Albino Gomes, Muito obrigada pela partilha!

culturmar

tags

a nova fanequeira de vila chã

ala-arriba

alan villiers

apresentação

aquele portugal

argus

arte marítima

bacalhoeiros canadianos-americanos

bacalhoeiros estrangeiros

bacalhoeiros portugueses

barcos tradicionais

caxinas

cultura costeira

diversos

fotos soltas

galiza

jornal mare - matosinhos

memórias

modelismo naval

multimédia

museus do mar

pesca portuguesa

póvoa de varzim

relatos da lancha poveira "fé em deus"

santa maria manuela

veleiros

vila do conde

todas as tags

Vídeos
links
arquivos