Terça-feira, 22 de Maio de 2018
"Por Entre as Brumas de Newfoundland".

brumas newfoundland romance 2.png

 «Numa demanda por dar um rumo à sua vida e marcado pela memória do avô António que pescara bacalhau à linha num dóri, nos Grandes Bancos da Terra Nova e da Gronelândia, Vasco decide viajar até à cidade de St. John's, Newfoundland. Nas águas canadianas, o avô vivera a traumática experiência de se perder no nevoeiro. Uma carta de um pescador, nunca lida até ser encontrada, mais de quarenta anos depois de ter sido escrita, levanta questões a que Vasco quer dar resposta, na tentativa de colmatar um elo quebrado da história. Um romance que pretende ser uma homenagem a todos aqueles que viveram as duríssimas campanhas da pesca do bacalhau, bem como um tributo à arte da pesca solitária nos dóris e à Frota Branca portuguesa.»

 

Este é mais um reflexo da emotiva epopeia da pesca do bacalhau levada a cabo pelos pescadores de Portugal, retratada no formato de romance e que nunca é demais ser explorada no papel que teve tanto para portugueses como para estrangeiros, nomeadamente as gentes de São João da Terranova.

Esta belíssima obra de Fernando Teixeira mostra-nos uma das fotos mais emblemáticas de Alan Villiers na capa, o lugre "Aviz" cerca de 1950, em "descanso" no nevoeiro do Atlântico Norte.

É um livro que pode ser adquirido em formato digital ou impresso, através do respectivo website: https://fernandojteixeira.wixsite.com/website-2  



publicado por cachinare às 22:11
link do post | comentar | favorito

2 comentários:
De Anónimo a 22 de Maio de 2018 às 22:59
Grato, amigo António Fangueiro! Bem-haja!
Grande abraço e votos de sucesso para este blogue.
Fernando Teixeira



De Jaime Pião a 1 de Junho de 2018 às 13:41
Desta foto guardo bastas recordações ,pois foi neste Lugre Motor o Aviz que a família Pião embarcou logo após a sua construção ,ou desde a primeira viagem ,partiu do então meu Tio Porfírio Nunes que levou de verde o meu Tio Francisco Pião este levou o irmão meu Pai Jaime pião e, este levou o irmão João Pião e, por fim este meu tio me levou em 1963 ainda dei duas viagens completas e uma incompleta ,pois que naufragamos por incêndio ,decorria o ano de 1965 no mês de Setembro ,por tudo isso ainda hoje sonho com este belo Navio que me deixou marcas e, vivo para conta-la !!!


Comentar post

mais sobre mim
subscrever feeds
últ. comentários
910397171email: mimanb1988@gmail.comEstou a escrev...
Jaime, preciso falar consigo sobre as idas à Terra...
Espectacular mesmo!
Bom dia meu amigo Albino e a todos os que por aqui...
Pena é que aí no lugar de Caxinas e Poça da Barca ...
Boa tarde ou boa noite ,cumprimentos a todos que p...
Parabéns ao A. Fangueiro por nos trazer à liça mai...
Gostei e gosto muito de fotos reais como esta e ou...
Caro AmigoSó hoje tive oportunidade de ler sobre "...
Em relação à acima referida «tipologia poveira», ...

culturmar

tags

a nova fanequeira de vila chã

ala-arriba

alan villiers

apresentação

aquele portugal

argus

arte marítima

bacalhoeiros canadianos-americanos

bacalhoeiros estrangeiros

bacalhoeiros portugueses

barcos tradicionais

caxinas

cultura costeira

diversos

fotos soltas

galiza

jornal mare - matosinhos

memórias

modelismo naval

multimédia

museus do mar

pesca portuguesa

póvoa de varzim

relatos da lancha poveira "fé em deus"

santa maria manuela

veleiros

vila do conde

todas as tags

Vídeos
links
arquivos