Quinta-feira, 19 de Setembro de 2019
Setúbal, nascida do rio e do mar.

 

Este selo comemorativo da cidade de Setúbal, estatuto recebido de D. Pedro V em 1860, inclúi todos os elementos do seu brasão de armas, e nele se denota o papel central do mar na sua existência. É um dos portos de pesca portugueses onde julgo ainda ser possível olhar para o passado, com vários barcos de pesca de pequeno porte e característicos das décadas de 60, 70 e 80. As águas de Setúbal estão pintadas por muitas e vivas cores dos seus barcos, algo que muitos outros portos perderam.


publicado por cachinare às 18:54
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
subscrever feeds
últ. comentários
Na verdade, um belíssimo quadro com os Lugres fren...
vi que a sua publicação já é antiga.... ainda nece...
Jaime amigo,Hoje, 25 de Maio de 2019, dez anos dep...
Todos os conteudos comentados têm um valor sentime...
Uma das mais belas fotos, onde neste mar se espelh...
Hoje, Sábado de Aléluia, aproveito este ensejo par...
Alguém sabe onde posso adquirir este livro????
Estimados gostava de saber até que ponto nos era p...
Caro António Pina, obrigado pela dica. O link foi ...
O outro artigo referido no fianl pelo autor mudou ...

culturmar

tags

a nova fanequeira de vila chã

ala-arriba

alan villiers

apresentação

aquele portugal

argus

arte marítima

bacalhoeiros canadianos-americanos

bacalhoeiros estrangeiros

bacalhoeiros portugueses

barcos tradicionais

caxinas

cultura costeira

diversos

fotos soltas

galiza

jornal mare - matosinhos

memórias

modelismo naval

multimédia

museus do mar

pesca portuguesa

póvoa de varzim

relatos da lancha poveira "fé em deus"

santa maria manuela

veleiros

vila do conde

todas as tags

Vídeos
links
arquivos